Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Boa Vista da Aparecida – Vereadores protocolam projeto para reduzir salários.

Boa Vista da Aparecida – Vereadores protocolam projeto para reduzir salários.

Postado em 28 de maio de 2020 por

Compartilhe agora
Rota do Sol

Um projeto de lei de inciativa do legislativo, foi protocolado nesta quarta-feira (22) e prevê a redução de 50% dos salários dos vereadores que compõe o Câmara de Vereadores de Boa Vista da Aparecida. O projeto quer reduzir o subsídio dos vereadores já a partir do dia primeiro de maio, e valerá para os próximos dois meses; e pode ser prorrogado, de acordo com a duração da pandemia do novo Coronavírus (COVID19).

A iniciativa dos vereadores não para somente na redução dos salários para economizar o que é repassado mensalmente ao legislativo: a ideia é propor ao executivo para que o montante da redução retorne aos cofres da prefeitura para que seja utilizado como ajuda de custo, principalmente para a Secretaria de Saúde Municipal, que poderá destinar os valores para aquisição de equipamentos e até mesmo para o funcionalismo que atua no dia a dia no enfrentamento a pandemia; desta forma, os cinco vereadores que elaboraram a proposta, acreditam que darão melhores condições de trabalho aos servidores da área de saúde público do município.

Na justificativa do projeto, um trecho diz o seguinte: “E mais, deve sempre primar pelo atendimento célere e primordial dos interesses dos munícipes, sendo que, para tanto, o tempo é precioso, e pode custar inclusive o salvamento de vidas.”

O subsídio que cada vereador recebe é na ordem de R$ 4.046,25 bruto, com os descontos (IRRF e INSS), os vereadores boa-vistenses recebem R$ 3.410,03 mensais. Um cálculo feito com base nesses números, pode gerar uma economia de aproximadamente R$ 36.400,00 no período em que valer a lei.

O presidente da Casa, Cesar de Bona, disse que o montante vai ajudar na manutenção dos serviços de saúde: “Temos consciência do momento em que o município vive, momento de muita cautela e tomadas de decisões importantes para o futuro de quem mais precisa dos serviços públicos, principalmente na área de saúde.” A fala do vereador Pedro Gonçalves da Silva, refere-se a um dispositivo que consta na justificativa: “O aumento dos gastos públicos no setor de saúde exige uma demanda maior de verbas, e essa é a nossa colaboração.”  No encontro entre os cinco vereadores, o legislador Gelson Luiz disse que o enfrentamento ao COVID19 exige demanda financeira: “Temos consciência do aumento do gasto no enfrentamento a doença, desta forma, achamos que é benéfico para a população este projeto”. A mesma linha de raciocínio, seguiu o vereador Juninho Granetto, que mencionou inclusive que precisa dar condições ao trabalhador em saúde: “Notamos um esforço do quadro de servidores da saúde em Boa Vista; e uma forma de ampará-los foi esta; dando melhores condições de trabalho.” Já o vereador Renato Chernhak disse que esta contra partida deverá dar um fôlego extra para o setor de saúde, e que o exemplo deve partir de quem representa a população: “Nosso trabalho não se resume em apenas legislar, nosso olhar é para a população que agora sofre neste momento de pandemia. Acredito que esta contra partida venha auxiliar no propósito o qual firmamos o compromisso: o de olhar pelo bem de quem nos confiou o mandato.”

Este projeto de lei precisa passar pelo crivo dos vereadores; e a votação está marcada para o dia 04 de maio; e deverá ser votada em dois turnos. 

Redação Rota do Sol

Link da Notícia

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.