Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Família morta em Ponta Grossa foi vítima de acerto de contas, diz delegado.

Família morta em Ponta Grossa foi vítima de acerto de contas, diz delegado.

Postado em 28 de maio de 2020 por

Compartilhe agora
PM

A família morta em Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais do Paraná, na noite deste domingo (15), por volta das 20h30, provavelmente foi executada durante um acerto de contas, segundo o delegado Nagib Nassif Palma.

Robson Ferreira, de 31 anos, sua esposa Daniele Ferreira, de 27 anos, e o filho do casal Robson Breno, de 6 anos, foram assassinados com vários disparos de arma de fogo. Outras duas crianças – uma de 2, também filha das vítimas, e outra de 4 anos, filha de outra mulher – foram atingidas e permanecem internadas sem correr risco de morte.

Homem da família morta em Ponta Grossa tinha várias passagens pela polícia

Nagib também explica que Robson havia acabado de deixar a prisão e fazia, atualmente, o uso de uma tornozeleira eletrônica. O rapaz estava cumprindo pena por roubo e poderia também estar envolvido com o tráfico de drogas.

Ele ainda ressaltou que, em 2014, Robson já havia sofrido um atentado e, inclusive, estava com um dos filhos junto na ocasião. O que, para o policial, é inconcebível mesmo quando se fala de criminosos. Entenda a execução da família
Na noite de domingo, a família morta em Ponta Grossa foi surpreendida quando chegava em casa, no bairro Chapada, após uma confraternização. No momento em que Daniele desceu do carro para abrir o portão, um grupo de atiradores se aproximou e começou a efetuar os disparos.

Ao todo, seis pessoas ainda estavam dentro do veículo. São elas: Robson, Robson Breno, outros dois filho do casal, uma amiga da família e seu respectivo filho.
A mulher conseguiu correr com a criança no colo, mas, mesmo assim, foi ferida com alguns estilhaços, enquanto o menino levou um tiro na perna.

Dentro do carro, Robson e o filho, de seis anos, foram atingidos fatalmente; um filho de 2 anos foi baleado na mão e a outra criança foi atingida também pelos destroços.

Delegado Nagib Nassif Palma.

Link da Notícia

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.