Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Japonês da Federal e outros denunciados na Operação Sucuri são condenados

Japonês da Federal e outros denunciados na Operação Sucuri são condenados

Postado em 28 de maio de 2020 por

Compartilhe agora
PF

Depois de 16 anos, a Justiça Federal sentencia os réus da operação Sucuri dando perda da função pública por improbidades administrativas

A Operação Federal Sucuri foi desencadeada em 2003 em Foz do Iguaçu e desmantelou uma suposta quadrilha que operava na aduana Brasil/Paraguai.

Segundo a denúncia do Ministério Público Federal, agentes públicos entre eles policiais federais, agentes da Receita Federal cobravam uma taxa de 100 dólares para deixar de vistoriar veículos carregados com muambas que transitavam pelo local.

Nesta segunda (23) a 1ª Vara Federal Cível de Foz do Iguaçu anunciou a sentença.

Os réus, 16 policiais federais, quatro técnicos da receita federal e três policiais rodoviários foram condenados a perda da função pública, pagamento de multa de até 100 vezes o valor da remuneração recebida, proibição de contratar com o poder público, suspensão dos direitos políticos e ressarcimento integral do dano causado ao erário.

Entre os agentes condenados Newton Ishi, que ficou famoso como o Japonês da Federal, durante a prisão de políticos e empresários na operação Lava Jato.

Assim como o japonês, muitos dos condenados já estão aposentados, outros voltaram as atividades ou mudaram de profissão, mas todos ainda podem recorrer.

PF

Link da Notícia

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.