Ouça agora na Rádio

Ouça agora

BVA – Pessoas confirmadas com COVID19 poderão usar pulseira para identificação

BVA – Pessoas confirmadas com COVID19 poderão usar pulseira para identificação

Postado em 1 de junho de 2020 por

Compartilhe agora

Casos suspeitos também poderão usar identificação pessoal

O Secretário de Saúde de Boa Vista da Aparecida Rildo Peloso disse neste início da tarde de segunda-feira (01), durante entrevista a radio Rota do Sol FM, que possivelmente pacientes confirmados com a COVID19 e até mesmo pessoas com suspeita da doença, e que estejam cumprindo isolamento domiciliar terão de usar uma espécie de identificação.

A ideia do secretário é colocar no paciente confirmado uma pulseira de cor vermelha, e na pessoa com suspeita, uma pulseira de cor amarela.

Boa Vista da Aparecida tem chamado a atenção de toda a região devido ao número de confirmações da doença: até o fechamento desta matéria, 16 casos estão confirmados no município, e ainda restam 18 casos suspeitos que estão em análise laboratorial para confirmar, ou descartar a suspeita.

Rildo comentou ainda que a medida se faz necessária, pois muitas pessoas com suspeita da doença que deveriam estar cumprindo o isolamento domiciliar, não estão cumprindo as regras propostas pelas autoridades de saúde; e ele vai além: durante a entrevista, o secretario salientou que o Ministério Público poderá intervir no isolamento social, e que pacientes ou pessoas com suspeita da doença caso não cumpram as medidas impostas pelas autoridades de saúde, que estão embasadas legalmente, poderão responder no rigor da lei por desobediência; e afirma que se necessário for, acionará o Ministério Público diante de determinados casos.

Por força de lei, ainda é muito confuso sobre a questão de expor um cidadão confirmado com a COVID19, pois a lei que rege esse assunto não é bem clara a respeito.

Por fim, o secretario de saúde Rildo Peloso pediu responsabilidade para a população e citou também o manifesto público dos médicos responsáveis pelo atendimento a pacientes da COVID19 no HUOP, (Hospital Universitário) de Cascavel, para a preocupação dos profissionais no enfrentamento a doença; o documento alerta a população sobre as dificuldades, fala até mesmo em “medo de perder a batalha”.

 Fonte: RBC

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.