Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Homem é morto pela policia em Capitão após fazer família de refém, matar um e deixar 3 feridos

Homem é morto pela policia em Capitão após fazer família de refém, matar um e deixar 3 feridos

Postado em 1 de junho de 2020 por

Compartilhe agora

A solicitante relatou aos policiais que seu ex marido havia feito sua filha e os parentes próximo dela como reféns, além disso, pedia a presença dela (esposa) no local, ameaçando matar a todos os reféns caso ela não aparecesse.

No domingo (31/05), a Polícia Militar de Capitão Leônidas Marques foi acionada para atender uma ocorrência na Rua Tocantins no bairro Primavera, em Capitão, que em princípio tratava-se de um caso de cárcere privado.

A solicitante relatou aos policiais que seu ex marido havia feito sua filha e os parentes próximo dela como reféns, além disso, pedia a presença dela (esposa) no local, ameaçando matar a todos os reféns caso ela não aparecesse.

Equipes das Polícias Militar e Civil foram até o local e tentaram iniciar uma negociação com autor da crise, que insistia na presença da ex mulher, inclusive estipulando um prazo para que a mesma comparecesse no local, antes que então começasse a atirar nos reféns.

Porém logo após a chegada da equipe, e sem muito diálogo, disparos foram ouvidos no interior da residência. Diante desse fato os policiais invadiram o local, momento no qual o agressor apontou a arma para os policiais, que não tiveram outra opção a não ser reagir à ameaça, baleando o homem.

Na residência haviam 7 pessoas tomadas de reféns, 3 crianças e 4 adultos.

Antes de ser contido, o autor do seqüestro alvejou 4 pessoas, que foram socorridas e levadas ao hospital de Capitão, vindo um dos reféns a falecer no pronto socorro devido aos ferimentos, tratando-se esse de Jair Gabriel de 35 anos.

O causador da situação, Carlos Alberto Kiedis, de 47 anos, que já possuía outras passagens pela polícia foi baleado e morreu no local.

No local também foram apreendidos um revolver calibre .38, 6 munições deflagradas e mais 4 munições intactas no bolso do homem.

Os corpos foram encaminhados ao IML de Cascavel.

Fonte: San FM

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.