public Notícia
Home/ Notícia
public Notícia

Boavistense poderá ser multado em 10 mil reais caso descumpra isolamento domiciliar

A Ação Civil Pública foi proposta pelo Ministério Público

Imagem divulgação

A Justiça da Comarca arbitrou em R$ 10.000,00 (dez mil reais) multa para paciente de Boa Vista da Aparecida diagnosticado com covid-19, no caso de descumprimento de medida de isolamento social.

A doutora Érika Fiori Bonatto Müller Juíza de Direito da Vara da Fazenda Pública de Capitão Leônidas Marques-PR, em uma Ação Civil Publica, proposta pelo Ministério Público, deferiu o pedido e concedeu a tutela provisória antecipada para determinar que o réu, um morador da Cidade de Boa Vista da Aparecida diagnosticado com Covid-19, permaneça em sua residência, mantendo isolamento domiciliar e atender as medidas de monitoramento e orientações da Secretaria Municipal de Saúde, sob pena de multa.

A multa foi arbitrada no valor de R$ 10.000,00 (dez mil reais) e será cobrada toda a vez que o réu desrespeitar as medidas de isolamento social.
 
Também poderá o réu sofrer eventual apuração de crime de desobediência (art. 330, do CP), do crime de infração de medida sanitária preventiva (art. 268, do CP), de eventual imposição de prisão em flagrante caso se constate a inobservância da ordem, e da adoção de outras medidas, mesmo que atípicas, para cumprimento do que decidido.
 
A magistrada em sua decisão ainda fez constar: “Anoto que como a imposição se dá para obrigar o réu a manter isolamento e não sair de casa, caso se verifique estar ele fora desse local, poderá haver autuação, a critério das autoridades de fiscalização, da imposição de flagrante, com encaminhamento à Autoridade Policial para a adoção das medidas cabíveis.”
 
Entenda o caso:
O Ministério Público relata na Ação Civil Pública que, no dia 3 de junho de 2020, por volta das 11horas, o réu uma pessoa diagnosticada com covid-19 e residente no município de Boa Vista da Aparecida, violou o isolamento social ao sair de sua residência e se dirigir até a Cidade de Capitão.
 
Em sua chegada na Cidade de Capitão, o réu havia sido contido na barreira sanitária, desobedeceu às ordens de parada emanadas pelos agentes sanitários e adentrou o centro da cidade seguindo até a agência da Caixa Econômica Federal onde foi impedida sua entrada.
 
Relata o Ministério Público no processo que entrou em contato com o Município de Boa Vista da Aparecida e que foi informado que esta pessoa foi diagnosticado com SARS-CoV-2 e que ele teria sido devidamente orientado pelo setor da Secretaria de Saúde, recebendo termo de esclarecimento, determinando-se a realização de isolamento social entre o período de 02.06.2020 e 14.06.2020.

 Fonte: Interativa FM

  • message
    Postado por
    Rádio Rota do Sol
  • today
    Data
    8 de junho de 2020
  • folder
    Categoria
    Locais/Regionais
  • code
    Feito por
    Sistema Plug
Copyright © 2020 Sistema Plug Todos os direitos reservados
Desenvolvimento Web Plug | J.S
Copyright © 2020 | Sistema Plug
Desenvolvido | Web Plug