public Notícia
Home/ Notícia
public Notícia

LAUDO APONTA QUE VÍTIMA AINDA ESTAVA VIVA QUANDO TEVE BEBÊ ARRANCADO; A CAUSA DA MORTE FOI OS FERIMENTOS

A perícia informou que a causa da morte de Flávia Godinho Mafra, 24 anos, grávida de Canelinha que teve o bebê retirado do ventre, foram os ferimentos cortantes no abdomen. O laudo do Instituto Geral de Perícia (IGP) saiu no final de semana e também indicou múltiplos ferimentos na cabeça, pescoço e braços.

A vítima tinha desaparecido na quinta-feira (27) e o corpo foi encontrado no dia seguinte em uma olaria abandonada na Grande Florianópolis. 

A suposta autora do crime é uma amiga de infância de Flávia, que está presa. O marido dela também foi detido. O bebê teve cortes de estilete nas costas e continua em recuperação no Hospital Infantil Joana de Gusmão, em Florianópolis.

Em depoimento, a mulher teria admitido que planejou o caso para ficar com a criança após sofrer um aborto no começo do ano. Conforme o delegado Paulo Alexandre Freyesleben e Silva e o Tenente-Coronel Daniel Nunes, comandante do 12º batalhão da PM, a mulher e o companheiro serão indiciados por homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver. Também vão responder por lesão corporal gravíssima, pelos ferimentos no bebê.

FONTE: NSC TV

  • message
    Postado por
    Rádio Rota do Sol
  • today
    Data
    1 de setembro de 2020
  • folder
    Categoria
    Outros
  • code
    Feito por
    Sistema Plug
Copyright © 2021 Sistema Plug Todos os direitos reservados
Desenvolvimento Web Plug | J.S
Copyright © 2021 | Sistema Plug
Desenvolvido | Web Plug