Ouça agora na Rádio

N Notícia

© AFP PHOTO / Yann COATSALIOU

FOTO: © AFP PHOTO / Yann COATSALIOU

Rafael Nadal reassume a liderança da ATP, e John Isner retorna ao top 10 no ranking

Espanhol contou com quedas de Roger Federer em Indian Wells e Miami

Todas as informações compartilhadas Super Esportes

Rafael Nadal nem precisou entrar em quadra para reassumir a primeira colocação do ranking de melhores tenistas da ATP. Derrotado na decisão em Indian Wells e eliminado na estreia em Miami, Roger Federer não conseguiu defender as suas duas conquistas do ano passado e acabou perdendo pontos no ranking e deixando a posição mais alta do ranking.

Esta não foi a única mudança dentro do TOP 10 de tenistas. Campeão em Miami na último domingo, John Isner subiu oito posições na lista e assumiu a nona colocação, repetindo a sua melhor marca na carreira. Mesmo derrotado na decisão, Alexander Zverev ganhou uma posição no ranking e já é o quarto colocado, ultrapassando Grigor Dimitrov.


Outra mudança importante acontece apenas na 19ª colocação. Considerado um dos tenistas mais promissores da atualidade, o sul-coreano Hyeon Chung, de 21 anos, atinge pela primeira vez na carreira uma colocação entre os 20 melhores do planeta.

Entre os brasileiros, a atualização no ranking trouxe, novamente, em grande parte apenas notícias ruins. Melhor colocado, Rogério Dutra Silva foi o alento já que ganhou duas posições no ranking e fica na 113 colocação. No entanto, o paulista vive uma semana decisiva já que conquistou o Challenger da Cidade do Panamá no ano passado e agora defende a conquista.

Já Thomaz Bellucci caiu mais dez posições no ranking e agora aparece apenas na 145º colocação. Para piorar sua situação, o tenista precisará defender uma vice-colocação na ATP 250 de Houston, o que representa quase metade dos seus pontos. Outro atleta que perdeu posições foi João “Feijão” Souza, que aparece agora apenas na 306ª posição, ficando fora do TOP 300 pela primeira vez nos últimos 10 anos.

FONTE: Super Esportes / Gazeta Press
Link Notícia