Ouça agora na Rádio

N Notícia

Entenda porque a Fluoxetina Emagrece

FOTO: © Divulgação/Imagens da internet

Entenda porque a Fluoxetina Emagrece

Todas as informações Tua Saúde

A fluoxetina é um antidepressivo que pode ajudar a emagrecer, pois este é um dos seus efeitos colaterais. Apesar de não atuar no centro de controle da fome, a fluoxetina, que serve para tratar a ansiedade e a depressão, é capaz de levar ao emagrecimento por ajudar a controlar a ansiedade, que muitas vezes é o que leva o indivíduo a comer exageradamente mesmo sem fome.

Além disso, um dos efeitos colaterais desse medicamento é a alteração do paladar e a perda do apetite, o que faz com que a pessoa tenha menos fome e vontade de comer, o que contribui para a perda de peso.

Para que serve a Fluoxetina

A fluoxetina serve para o tratamento de casos de depressão, bulimia nervosa e do transtorno obsessivo compulsivo. Esse medicamento atua na recaptação da serotonina, uma substância importante no controle do humor e na sensação de bem-estar, fazendo com que o paciente se mostre mais satisfeito com a sua própria imagem e menos ansioso.

Efeitos colaterais da fluoxetina

Outros efeitos colaterais da fluoxetina são boca seca, confusão mental, sangramento vaginal fora do período menstrual, sonolência, fadiga, inibição do apetite, alteração do paladar, tremores, irritabilidade, enjoo e diarreia.

Para saber como tomar a fluoxetina consulte a bula deste medicamento.

3 passos para emagrecer rápido

A melhor maneira de emagrecer é através de uma uma dieta hipocalórica e da prática de exercícios físicos regularmente. Os exercícios são de extrema importância, pois eles aliviam o estresse, diminuem a ansiedade e gastam a gordura acumulada. Além disso, promovem a sensação de bem-estar e melhoram todo o funcionamento do corpo.

Existem também outras opções para complementar a dieta, que são os suplementos alimentares. Eles favorecem a perda de peso, por aumentar o metabolismo basal. Estes devem ser prescritos por médicos ou nutricionistas, embora muitos possam ser comprados sem receita médica.

FONTE: TUA SAÚDE
Link Notícia