NOTÍCIAS


Acusados de participarem de suposto racha que resultou na morte de estudante de Curitiba vão a júri popular


Dois homens acusados de participarem de um suposto racha que resultou na morte de uma estudante, em Curitiba, irão a júri popular, conforme decisão da Justiça publicada na sexta-feira (11) e divulgada nesta segunda-feira (14).

O caso aconteceu em março de 2020. A vítima Caroline Beatriz Olímpio tinha 19 anos e estudava arquitetura na Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR).

Conforme a denúncia do Ministério Público do Paraná (MP-PR), o motorista que atropelou a estudante se chama Fernando Rocha Fabiani. De acordo com as investigações, ele disputava um racha com Nicholas Henrique Castro.

Ainda segundo a denúncia, Caroline atravessava a Rua Pedro Viriato Parigot de Souza, na Cidade Industrial de Curitiba, quando foi atingida.

  • Carro que durante racha atropelou e matou estudante tinha peça que dava mais potência ao motor, diz laudo
  • Motorista que matou estudante atropelada em Curitiba estava a 114 km/h, aponta laudo

Os acusados irão responder por homicídio simples. A Justiça negou o pedido do MP-PR para que fosse incluída uma qualificadora de perigo comum.

A Justiça determinou ainda que os acusados entreguem as habilitações para dirigir e os passaportes em cartório.

Ambos foram autorizados a recorrer em liberdade.

A defesa de Fernando Rocha Fabiani informou que a decisão de pronúncia foi acertada em afastar a acusação de todos os delitos de trânsito e da qualificadora do homicídio.

Além disso, a defesa disse que vai recorrer ao Tribunal de Justiça do Estado do Paraná para demonstrar que não houve dolo na conduta de Fernando.

  • Semáforo em frente à universidade de Curitiba, onde jovem morreu atropelada durante racha, é ativado
  • Manifestantes fazem protesto após atropelamento de estudante em Curitiba

O assistente acusação e advogado da família de Caroline disse que o caso é de homicídio doloso e que, acertadamente, o juiz entendeu da mesma forma.

A RPC entrou em contato com a defesa de Nicholas Henrique Castro e aguarda retorno.



Fonte: G1


14/02/2022 – Rota do Sol FM

SEGUE A @ROTADOSOLFM

(45) 3287-1475

rotadosolfm@hotmail.com
Boa Vista da Aparecida – PR
Rua Celmo Miranda, 802 – Alto da Colina

NO AR:
MANHÃ 107