NOTÍCIAS


Câmara de Arapongas votará pedido de comissão processante contra vereador suspeito de agredir mulheres


A Câmara de Vereadores de Arapongas, no norte do Paraná, votará, na sessão de segunda-feira (7), o pedido de abertura de uma comissão processante, por quebra de decoro parlamentar, contra o vereador Paulo Cesar de Araújo (DEM), conhecido como Pastor do Mercado.

A medida ocorre após Araújo ser preso preventivamente, na segunda-feira (31), suspeito de ter agredido três mulheres. O caso é investigado pela Polícia Civil.

Segundo o legislativo, o pedido deve ser protocolado nesta quarta-feira (2) pelo presidente da Casa, Rubens Franzin (DEM).

A decisão ocorreu em uma reunião realizada na tarde de terça-feira (1º), com a participação de 14 dos 15 vereadores.

A defesa do vereador informou que não se manifestará sobre as denúncias, pois o processo está sob sigilo, e que provará a inocência do cliente.

Além disso, segundo a defesa, o vereador foi preso com base no relato de uma suposta vitima, mas que não foi ouvido pela delegada responsável pelo inquérito.

Vereador Paulo Cesar de Araújo (DEM) foi preso preventivamente por violência contra mulher, em Arapongas — Foto: Arquivo pessoal

Vereador Paulo Cesar de Araújo (DEM) foi preso preventivamente por violência contra mulher, em Arapongas — Foto: Arquivo pessoal

A Câmara de Arapongas tem 15 vereadores, mas não vão votar na sessão o presidente da Casa de Leis, que assina o pedido, e o vereador Paulo, que é o investigado.

Para ser aprovado, o pedido precisa ter no mínimo sete votos.

Se aprovado o pedido de abertura de comissão processante, será realizado um sorteio para definição dos cargos de presidente, relator e membro da comissão.

A comissão terá até 90 dias para analisar o caso, concluir os trabalhos e entregar um relatório com as informações apuradas.

Segundo o presidente da câmara, o vereador e as supostas vitimas de agressão devem ser ouvidas pela comissão.

Araújo participou da sessão extraordinária de segunda-feira e foi preso horas depois.

Conforme as investigações da Polícia Civil, uma das três mulheres agredidas pelo vereador é idosa, que chegou a passar por cirurgia.

Em outro caso, as agressões quebraram o nariz de uma das vítimas.

De acordo com a polícia, uma das mulheres ainda está internada por causa da violência.



Fonte: G1


02/02/2022 – Rota do Sol FM

SEGUE A @ROTADOSOLFM

(45) 3287-1475

rotadosolfm@hotmail.com
Boa Vista da Aparecida – PR
Rua Celmo Miranda, 802 – Alto da Colina

NO AR:
MANHÃ 107