NOTÍCIAS


Candidato a reitor denuncia ameaça e injúria feitas em cartazes colados na UEL


Um candidato ao cargo de reitor da Universidade Estadual de Londrina (UEL), no norte do Paraná, procurou a polícia, na terça-feira (23), depois que cartazes contendo ameaça contra ele foram colados pelo campus.

Segundo o professor de História Gabriel Giannattasio, as ameaças ocorreram por meio de cartazes com uma imagem dele que dizia: “Expulse o fascismo da universidade, morte ao candidato à reitoria fascistas.”

Professor de História Gabriel Giannattasio disse que se tornou alvo de ameaças na UEL — Foto: RPC/Reprodução

Professor de História Gabriel Giannattasio disse que se tornou alvo de ameaças na UEL — Foto: RPC/Reprodução

O candidato e a reitoria da UEL registraram boletins de ocorrência por ameaça, e no caso dele, também o crime de injúria.

“Era uma situação esperada […], porque isso não é um fato inédito, muitos são os docentes, servidores técnicos-administrativos, alunos que convivem com medo de represálias por causa de ideias, pensamentos, posicionamento”, disse o professor.

A administração da universidade disse que está analisando as imagens do sistema de segurança e repudia ataques ao processo democrático.

Candidato a reitor da UEL procura polícia após cartazes com ameaças

Candidato a reitor da UEL procura polícia após cartazes com ameaças



Fonte: G1


25/03/2022 – Rota do Sol FM

SEGUE A @ROTADOSOLFM

(45) 3287-1475

rotadosolfm@hotmail.com
Boa Vista da Aparecida – PR
Rua Celmo Miranda, 802 – Alto da Colina

NO AR:
CONEXÃO 107