NOTÍCIAS


Casa desmanchada e furtada no Paraná: o que se sabe e o que falta esclarecer | Norte e Noroeste


A Polícia Civil investiga o desmanche e furto de uma casa na zona leste de Londrina, no norte do Paraná. O imóvel estava disponível para aluguel. Segundo a imobiliária, a casa era feita de madeira de peroba-rosa, material considerado nobre no mercado.

Segundo a imobiliária, além da madeira, o grupo levou tábuas, portas, janelas e fiação elétrica da casa. O caso aconteceu em agosto, mas foi divulgado nesta terça-feira (6).

  • Compartilhe no WhatsApp
  • Compartilhe no Telegram

Veja, abaixo, o que se sabe e o que falta esclarecer sobre o caso.

No boletim de ocorrência registrado junto à Polícia Civil, a imobiliária informou que foi alertada por terceiros que a casa tinha sido demolida, e as peças internas tinham sido furtadas.

Vizinhos da casa presenciaram a demolição, mas não sabiam que se tratava de uma ação criminosa. De acordo com eles, os suspeitos desmancharam a casa com a ajuda de um caminhão.

Um vizinho informou que os suspeitos pareciam trabalhadores terceirizados.

Quanto tempo durou a ação

A polícia ainda não deu detalhes sobre a investigação envolvendo o furto da casa, mas um vizinho informou que a ação dos criminosos durou praticamente todo o dia.

Segundo o homem, o grupo estava com um caminhão. Ao passo que desmanchavam a casa, carregavam o veículo.

A imobiliária não sabe ao certo quando foi o furto. No boletim de ocorrência, disse que a ação pode ter acontecido entre 15 de julho e 1º de agosto.

O documento informa que o funcionário responsável pelo imóvel passou no local onde a casa ficava no dia 15 e ela “estava em ordem”.

Porque ninguém percebeu o furto

A casa estava vazia há dois meses e disponível para locação, de acordo com a imobiliária.

No boletim de ocorrência, os responsáveis relataram à polícia que não tinham o costume passar no local todos os dias.

Segundo a imobiliária, só sobrou o terreno no local. As madeiras portas, janelas e fiação elétrica foram furtadas. Louças que estavam na residência também foram levadas.

A imobiliária fixou um cartaz na frente do terreno pedindo providência das autoridades.

Dono da imobiliária responsável pelo imóvel, colocou um cartaz pedindo providência das autoridades. — Foto: Reprodução/RPC

Dono da imobiliária responsável pelo imóvel, colocou um cartaz pedindo providência das autoridades. — Foto: Reprodução/RPC

Quanta madeira foi furtada?

A polícia e a imobiliária não informaram a quantidade exata de madeira que foi levada do local.

Antes e depois da casa desmanchada por ladrões em Londrina — Foto: RPC/Reprodução

É o primeiro caso do tipo no município?

Segundo a imobiliária, não é o primeiro caso registrado de furto de residência completa no município.

Otávio Frederico Scandelae, dono da imobiliária, disse que no início de 2022 uma outra casa da zona leste da cidade também foi desmanchada por criminosos. A polícia não detalha o caso.

Scandelae explicou que, no primeiro caso, também registrou boletim de ocorrência. A imobiliária também soube do furto tempos depois.

Segundo Boletim de Ocorrência, outra casa foi desmanchada no início do ano em Londrina. — Foto: Reprodução/RPC

Segundo Boletim de Ocorrência, outra casa foi desmanchada no início do ano em Londrina. — Foto: Reprodução/RPC

Ele disse que o setor sofria, normalmente, com furtos de fiações e de portas e janelas. Afirmou, também, que ficou surpreso e indignado quando casas inteiras passaram a ser levadas.

Scandelae afirmou que, depois dos dois casos, a imobiliária estudará junto aos proprietários a possibilidade de mover uma ação indenizatória contra o estado.

O que dizem as autoridades

A Polícia Militar reforçou a importância do registro do crime por meio de Boletim de Ocorrência e informou que atua de forma preventiva para evitar este tipo de furto.

A Polícia Civil não se manifestou até a publicação desta reportagem.

Segundo a Secretaria de Estado da Segurança Pública do Paraná (SESP), o estado registrou 8.449 furtos em residências nos três primeiros meses de 2022. Destes, 440 aconteceram em Londrina.

VÍDEOS: mais assistidos do g1 Paraná



Fonte: G1


06/09/2022 – Rota do Sol FM

SEGUE A @ROTADOSOLFM

(45) 3287-1475

rotadosolfm@hotmail.com
Boa Vista da Aparecida – PR
Rua Celmo Miranda, 802 – Alto da Colina

NO AR:
ROTA SERTANEJA