NOTÍCIAS


Edson Bueno celebra 40 anos de teatro com 'Mona Lisa vs Hitler'


Quando o Festival de Curitiba nasceu, em 1992, Edson Bueno, fundador do Grupo Delírio, participou com o espetáculo Caim, única montagem paranaense a fazer parte da programação daquele ano. De lá para cá, o dramaturgo, ator e diretor esteve em todas as Mostras. “Chegamos a encenar mais de duas peças em algumas edições”, conta Bueno.

Hoje, ao completar 40 anos de teatro, Edson conta que fazer teatro em Curitiba é sempre um recomeço.

Espetáculo Caim foi a única montagem paranaense na estreia do Festival de Curitiba — Foto: Divulgação

Espetáculo Caim foi a única montagem paranaense na estreia do Festival de Curitiba — Foto: Divulgação

“Existem os desafios inerentes a qualquer montagem cênica, precisamos fazer acontecer. Fazer teatro aqui não é muito diferente de qualquer outro lugar do país”, conta Bueno, que se declara um apaixonado pela cidade.
  • Festival de Curitiba: veja a programação completa
  • Confira peças gratuitas para assistir no Festival de Curitiba

Para a edição comemorativa do Festival, Edson Bueno montou o espetáculo “Mona Lisa vs Hitler” . Baseada em fatos reais, a obra teve sua adaptação inspirada em filmes como “Diplomacia” e “Paris está em chamas?”.

“O espetáculo parece muito moderno diante de tudo que estamos vendo nos dias de hoje. Um país entrando no outro e tentando destruí-lo. Com a estupidez de sempre da guerra”, resume Bueno.

A história se passa no fim da Segunda Guerra Mundial. Em 1944, Paris, crepúsculo da Segunda Guerra Mundial, ainda dominada pelas tropas alemãs, estava prestes a ser libertada pelas tropas aliadas.

Para os 30 anos do Festival, o Grupo Delírio traz uma nova montagem — Foto: Maringas Maciel

Para os 30 anos do Festival, o Grupo Delírio traz uma nova montagem — Foto: Maringas Maciel

Sabendo que a derrota era iminente, Adolph Hitler ordena que o comandante-geral destrua a cidade e que não deixe qualquer resquício de sua existência. Construções, monumentos, obras de arte e população deveriam ser dizimados em uma operação cuidadosamente articulada.

Quando as tropas aliadas entrassem na cidade, nada haveria para ser libertado. Mas, na noite anterior à execução da ordem, o general recebe a visita do cônsul sueco em Paris. Numa tentativa desesperada, ele busca convencer o militar a não cometer tamanha insanidade.

A apresentação no Festival de Curitiba, além de comemorar os 40 anos de Bueno em cena, representará a volta aos palcos do Grupo Delírio Companhia de Teatro.

“Eu gosto de fazer teatro e não tenho medo de experimentar outras linguagens”, conta Edson, que enxerga um futuro ainda melhor para as artes.

“O público mudou e as novas tecnologias ajudaram. Existe uma nova plateia vindo aí, mais conectada, dinâmica. Isso transforma a maneira de fazer teatro, o que é absolutamente natural. A única coisa que nunca vai mudar é a necessidade de pessoas para ver o espetáculo acontecer. O teatro precisa do público”, finaliza Bueno.

  • O que: “Mona Lisa vs Adolph Hitler” no 30.º Festival de Curitiba
  • Quando: 31 de março e 1° de abril, às 21h
  • Onde: Teatro Zé Maria Santos ( Treze de Maio, 655 – São Francisco, Curitiba – PR)
  • Valores: R$ 80,00 (inteira) e R$ 40 (meia) + taxas de serviço
  • Ingressos: www.festivaldecuritiba.com.br e na bilheteria física exclusiva do Shopping Mueller (piso L2), de segunda-feira a sábado, das 10h às 22h; domingos e feriados, das 14h às 20h.

nos últimos 7 dias



Fonte: G1


30/03/2022 – Rota do Sol FM

SEGUE A @ROTADOSOLFM

(45) 3287-1475

rotadosolfm@hotmail.com
Boa Vista da Aparecida – PR
Rua Celmo Miranda, 802 – Alto da Colina

NO AR:
CONEXÃO 107