NOTÍCIAS


Estiagem e alta no preço de insumos afetam produtores de batata e maçã no Paraná


Maçã e batata são produtos que tiveram queda no preço em 2021, porém, com a safra de 2022 afetada pela estiagem e pela alta no custo dos insumos, a expectativa é que o consumidor pague mais caro nestes itens no Paraná.

O preço médio do quilo da maçã no estado foi R$ 5,84 em 2020. No ano passado, esse valor caiu para R$ 4,75, uma diminuição de 18%.

Em relação à batata, o preço médio era R$ 2,47 há dois anos e R$ 2,32 no ano passado.

Os dados foram divulgados pelo Departamento de Economia Rural do Paraná (Deral).

Produção de maçãs no Paraná — Foto: RPC/Reprodução

Produção de maçãs no Paraná — Foto: RPC/Reprodução

O motivo dessa queda no preço da maçã é a boa safra do produto em 2021, pois a produção cresceu 21% em relação ao ano anterior, de acordo com o departamento.

Na safra de 2022, as plantações do Paraná foram afetadas pela estiagem, o que deve diminuir o tamanho dos frutos, segundo produtores.

“A gente vai ver uma redução da oferta de maçã e, consequentemente, a gente deve ter um aumento de preço para o produtor e para o consumidor”, analisou o agricultor Carlos Daniel Antunes.
Produção de batatas no Paraná — Foto: RPC/Reprodução

Produção de batatas no Paraná — Foto: RPC/Reprodução

A produção de batata aumentou 9% em 2021, em comparação com 2020, mas produtores estão com dificuldades para manter o volume de produção por causa do aumento do preço dos insumos.

Segundo o agricultor João Maria Padilha, o adubo, a ureia e os agrotóxicos que ele utiliza na plantação mais que dobraram de preço.

As dificuldades dos agricultores gera impacto na quantidade de produtos ofertados nas Ceasas. Em fevereiro deste ano, a oferta já foi 30% menor do que em janeiro. Com isso, a tendência é que o preço para o consumidor fique mais caro.

“O início dessa safra foi muito complicado. Os insumos altíssimos, o clima louco como nunca. A alface, por exemplo, chegou até a 150 reais a caixa. Historicamente, é um preço que não lembro que tenha pego alguma vez”, disse Paulo Ricardo da Nova, diretor da Ceasa.

g1 PR: vídeos mais assistidos



Fonte: G1


06/03/2022 – Rota do Sol FM

SEGUE A @ROTADOSOLFM

(45) 3287-1475

rotadosolfm@hotmail.com
Boa Vista da Aparecida – PR
Rua Celmo Miranda, 802 – Alto da Colina

NO AR:
SUCESSOS DA TARDE