NOTÍCIAS


Exportação de erva-mate do Paraná aumenta 46,7% em 2021, diz ministério


A exportação de erva-mate produzida no Paraná aumentou 46,7% no ano de 2021, em comparação com 2020, segundo a Agrostat, base de estatísticas do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

Em 2020, o valor acumulado de exportações do produto chegou a 10,5 milhões de dólares. No ano passado, o montante foi de 15,4 milhões de dólares.

Segundo produtores, a quebra de safra na Argentina foi um dos principais motivos para que o preço do quilo da erva aumentasse.

Erva-mate produzida no Paraná — Foto: RPC/Reprodução

Erva-mate produzida no Paraná — Foto: RPC/Reprodução

O Uruguai é o maior comprador da erva-mate produzida em solo paranaense. No entanto, a lista de clientes também inclui países europeus.

O empresário Folke Grutzner, da Alemanha, importa a erva e distribui pelo continente. Segundo ele, alguns diferenciais fazem o produto do Paraná ser escolhido.

“Nós estávamos procurando pelos melhores produtos e acredito que encontramos no Paraná. Nosso foco estava em uma produção sustentável e no processamento sem usar fumaça e com certificação orgânica”, disse Folke.

A exportação para países da Europa é mais lucrativa, mas é em quantidade menor. “Enquanto o Uruguai paga US$1 por quilo da erva, a Alemanha paga US$5”, explicou o analista da Federação da Agricultura do Estado do Paraná (FAEP), Bruno Vizioli.

Como é a produção da erva-mate?

Erva-mate no Paraná — Foto: RPC/Reprodução

Erva-mate no Paraná — Foto: RPC/Reprodução

Uma muda de erva-mate leva mais de um ano para ficar pronta para o plantio.

A semente é coletada no campo e semeada em canteiros. Após a germinação, a muda passa pelo processo de repique, quando o viveirista arranca as plântulas do canteiro e transfere para tubetes.

Após esse processo, a muda passa a receber luz constantemente. Esse período é chamado de aclimação. Na sequência, a rustificação faz a muda se acostumar com as restrições que terá no campo, como uma falta de chuva, por exemplo.

Na colheita, são escolhidas as plantas que estão com as folhas mais maduras. Após a seleção, as folhas são secadas e separadas dos galhos. O produto é colhido entre 6 e 8 anos após o plantio da muda.

A safra da erva mate ocorre de maio a setembro, mas a planta pode ser colhida o ano todo.

g1 PR: vídeos mais assistidos

Veja mais notícias do estado no g1 Paraná.



Fonte: G1


06/02/2022 – Rota do Sol FM

SEGUE A @ROTADOSOLFM

(45) 3287-1475

rotadosolfm@hotmail.com
Boa Vista da Aparecida – PR
Rua Celmo Miranda, 802 – Alto da Colina

NO AR:
CONEXÃO 107