NOTÍCIAS


Governo propõe pagamento de vale-alimentação de R$ 600 para mais 10,7 mil servidores estaduais efetivos do Paraná



Proposta será enviada nesta segunda (28) para Alep, conforme governo; detalhes de valores não foram divulgados. Projeto de lei atinge ativos e inativos. Governo do Paraná propõe reajuste nos salários de militares estaduais e da Polícia Civil José Fernando Ogura/AEN O Governo do Paraná divulgou nesta segunda-feira (28) propostas de reajuste nos vencimentos de servidores militares do estado e também da Polícia Civil e da Polícia Científica. O projeto de lei de reestruturação será enviado ainda nesta segunda para a Assembleia Legislativa do Paraná. A proposta vale para servidores ativos e inativos das corporações. No caso da Polícia Militar (PM), a proposta de correção da tabela diminui a diferença salarial entre praças e oficiais da corporação. Conforme divulgado, algumas funções terão reposição nominal de cerca de R$ 1.000. Veja, abaixo, mudanças divulgadas pelo governo. Até a publicação desta reportagem, não haviam sido fornecidos os detalhes por categoria. A administração estadual ainda afirmou que o projeto tem o objetivo de corrigir distorções nas remunerações das carreiras e que leva em consideração o cenário econômico atual somado ao acréscimo de 3% sobre a folha de todo o funcionalismo em janeiro deste ano. Correção salarial Antes do envio da proposta à Alep, o governo divulgou o reajuste salarial de algumas funções. Confira na tabela abaixo. No caso dos reajustes cedidos à Polícia Civil e Científica, o impacto no orçamento estadual será de R$ 80 milhões, segundo o governo. Reajustes salariais previstos no projeto do Governo do Paraná Mudanças na Polícia Civil O projeto de lei também apresenta atualizações nos quadros da Polícia Civil. Entre as mudanças está a regularização de que funcionários atuem em mais de uma unidade policial de forma simultânea. Conforme o governo estadual, essa regulamentação garante “a manutenção das repartições em funcionamento quando não houver autoridade exclusiva para prestar o atendimento necessário”. A gratificação sobre o subsídio mensal será de 15%, transitória e será suspensa com a nomeação de um delegado. Regulamentação de cargos do Deppen Ainda conforme o governo, um outro projeto para regulamentação de cargos do Departamento de Polícia Penal (Deppen) também será enviado nesta segunda. Com a mudança, o governo pretende criar o Quadro Próprio dos Policiais Penais (QPPP) para definição do plano de cargos, carreira e salários dos policiais penais do Paraná. O QPPP também pretende abrir sete mil novas vagas no funcionalismo estadual. Veja mais notícias do estado em g1 Paraná.

Fonte: G1


28/03/2022 – Rota do Sol FM

SEGUE A @ROTADOSOLFM

(45) 3287-1475

rotadosolfm@hotmail.com
Boa Vista da Aparecida – PR
Rua Celmo Miranda, 802 – Alto da Colina

NO AR:
CONEXÃO 107