NOTÍCIAS


Grito dos Excluídos reúne CNBB e movimento sociais em periferia de Curitiba: 'Para que as políticas públicas cheguem à população que necessita' | Paraná


O Grito dos Excluídos, tradicional manifestação que ocorre desde 1995 em várias cidades do país, reuniu grupos religiosos e movimentos sociais em cidades do Paraná. Os atos ocorreram nesta quarta-feira (7).

Na capital a concentração iniciou às 9h, na comunidade Vila União, no bairro Tatuquara. Ao fim do ato, o projeto Marmitas da Terra, do Movimento Sem Terra (MST), distribuiu milhares de marmitas para a comunidade.

De acordo com Sílvia Kreuz, uma das articuladoras do evento, o Grito do Excluídos traz diversas pautas a partir das pastorais sociais da igreja.

“A gente vem em áreas mais vulneráveis para falar quais são os gritos da população que tá vivendo à margem. A gente tem muita coisa para falar. Tem muita coisa que está deficiente no nosso país e a gente necessita lançar o olhar, dar foco para isso. É preciso que exista uma articulação para que as políticas públicas cheguem à população que necessita delas”, afirmou.
Grito dos Excluídos em Curitiba. — Foto: Reprodução/RPC

Grito dos Excluídos em Curitiba. — Foto: Reprodução/RPC

Ainda de acordo com Kreuz, a distribuição de alimentos pelo projeto Marmitas da Terra faz parte da reivindicação pelo direito à alimentação.

“Uma pessoa tem dignidade se ela estiver com fome? A pessoa tem vontade de sair de casa, procurar um emprego, se ela tá com a barriga vazia ela não tem a energia para fazer isso”, disse.
  • Desempregado, pai chora ao falar da fome: ‘Ontem comemos arroz e feijão, e tem dia que não tem nem isso’

Em Londrina os participantes se reuniram na praça em frente à Paróquia Santa Cruz. A concentração iniciou às 8h, com um café solidário, e se estendeu até as 12h.

Em Cascavel, o Grito dos Excluídos fez uma intervenção simbólica na Praça do Migrante.

De acordo com a organização, o evento reúne pastorais sociais, movimentos sociais, sindicatos, associações, moradores do bairro e pessoas interessadas em pautas sociais.

Em Cascavel, manifestantes fizeram ato simbólico na Praça do Migrante. — Foto: Adunioeste

Em Cascavel, manifestantes fizeram ato simbólico na Praça do Migrante. — Foto: Adunioeste

O tema do evento este ano é “Brasil: 200 anos de (in)dependência para quem”. Segundo os organizadores, o objetivo é refletir sobre a trajetória do Brasil e da população mais pobre, que ficou fora do centro das políticas da maioria dos governos ao longo desses 200 anos.

Esta é a 28ª edição do Grito dos Excluídos. O evento é uma iniciativa da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e ocorre sempre na semana da comemoração da Independência do Brasil.



Fonte: G1


07/09/2022 – Rota do Sol FM

SEGUE A @ROTADOSOLFM

(45) 3287-1475

rotadosolfm@hotmail.com
Boa Vista da Aparecida – PR
Rua Celmo Miranda, 802 – Alto da Colina

NO AR:
CONEXÃO 107