NOTÍCIAS


Guaratuba decreta calamidade pública pela 2ª vez por problemas com ferry-boat


Um decreto assinado nesta terça-feira (11) pelo prefeito Roberto Justus (DEM) colocou Guaratuba, no litoral, em estado de calamidade pública pelos próximos 30 dias.

A medida foi tomada, segundo o prefeito, devido a problemas constantes registrados junto a concessionária que administra o ferry-boat. Assista acima.

Esta é a segunda vez que o prefeito decreta estado de calamidade pública por problemas com a concessionária que administra as travessias. A primeira foi em julho de 2021. Desde então a empresa foi multada mais de 10 vezes.

Ferry-Boat de Guaratuba, no Litoral do Paraná — Foto: Reprodução/RPC

Ferry-Boat de Guaratuba, no Litoral do Paraná — Foto: Reprodução/RPC

Justus disse que, para prefeitura, a solução é a quebra de contrato entre o governo do estado a concessionária BR Travessias, que assumiu o ferry-boat em abril de 2021.

“Não dá mais. A empresa não tem condições de prestar este serviço. Caberia ao governo fazer uma nova licitação e, quem sabe, assumir o serviço através do DER até que nova licitação seja concluída, conduzido de uma melhor forma, com contratação de uma empresa com condições de prestar um bom serviço, ou então uma contratação emergencial de outra empresa em um curto período de tempo”.
No último sábado (8), fila de motoristas no acesso ao ferry-boat de Guaratuba chegou a 1 quilômetro — Foto: Reprodução/RPC

No último sábado (8), fila de motoristas no acesso ao ferry-boat de Guaratuba chegou a 1 quilômetro — Foto: Reprodução/RPC

Segundo o prefeito de Guaratuba, devido ao contrato da concessionária ser firmado junto ao governo, não há intervenções diretas que possam ser feitas pela prefeitura.

“O decreto será publicado hoje e terá validade de 30 dias, na expectativa para que, até lá, o governo do estado tome as medidas que nós entendemos cabíveis”.

O g1 pediu uma posição da BR Travessias sobre as afirmações do prefeito, mas a empresa disse que, por enquanto, não irá se manifestar.

O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER), responsável pelo ferry-boat, não informou, até o fechamento desta reportagem, que medidas irá tomar frente ao decreto municipal de calamidade pública.

Vídeos mais assistidos do g1 PR:



Fonte: G1


11/01/2022 – Rota do Sol FM

SEGUE A @ROTADOSOLFM

(45) 3287-1475

rotadosolfm@hotmail.com
Boa Vista da Aparecida – PR
Rua Celmo Miranda, 802 – Alto da Colina

NO AR:
AMOR SEM FIM