NOTÍCIAS


Homem é condenado a 33 anos de prisão por matar namorada a facadas e agredir mãe da vítima em Ponta Grossa


Um homem foi condenado a 33 anos e 10 meses de prisão por matar a própria namorada a facadas e esfaquear a mãe dela em Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, em júri popular que ocorreu nesta quinta-feira (7).

Jhonatan Campos foi considerado culpado pelos crimes de homicídio triplamente qualificado, com as qualificadoras de motivo torpe, recurso que dificultou a defesa da vítima e feminicídio, e também por tentativa de homicídio triplamente qualificado – com as mesmas qualificadoras.

O caso aconteceu em 2019. Lidiane Oliveira foi esfaqueada na casa dela após uma discussão do casal e morreu na calçada, antes da chegada do atendimento.

Jhonatan está preso desde o crime.

O g1 tenta contato com as partes.

Lidiane Oliveira tinha 24 anos e foi morta pelo namorado. Antes do crime, a jovem acionou a Polícia Militar (PM) e registrou um Boletim de Ocorrência (B.O.) contra Jhonatan após uma discussão.

A mãe de Lidiane disse que o acusado estava escondido na casa quando a PM foi chamada.

Ela disse que o homem a atacou primeiro com um golpe de faca no pescoço. Na sequência, a jovem também foi agredida, conforme a investigação.

A estudante morreu antes de ser levada para o hospital. A mãe dela foi socorrida em estado grave e permaneceu internada durante nove dias.

Jhonatan Campos se apresentou à polícia quatro dias após o crime. Ele confessou que esfaqueou Lidiane e disse que estava fora de si no momento do crime.

Dois dias antes da morte de Lidiane, Jhonatan fez uma declaração de amor para a estudante em uma rede social.



Fonte: G1


08/04/2022 – Rota do Sol FM

SEGUE A @ROTADOSOLFM

(45) 3287-1475

rotadosolfm@hotmail.com
Boa Vista da Aparecida – PR
Rua Celmo Miranda, 802 – Alto da Colina

NO AR:
SUCESSOS DA TARDE