NOTÍCIAS


Homem mata amigo por ciúmes em São José dos Pinhais, diz delegado; suspeito se apresentou à polícia


A Polícia Civil do Paraná (PC-PR) investiga a morte de um homem de 46 anos em São José dos Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba, após ele ter sido espancado. O suspeito do crime, Henrique Santos, se apresentou à polícia nesta segunda-feira (24), acompanhado dos advogados.

Segundo a PC, Henrique e a vítima, Cassiano Pissaia, eram melhores amigos.

A Polícia Civil atribui a motivação do crime, que aconteceu na madrugada da última sexta (21), a ciúmes.

O delegado que investiga o caso, Fábio Machado, disse que Henrique espancou Cassiano devido ao amigo estar namorando com a ex do suspeito.

“Ao que nos parece foi um crime brutal. Uma discussão a respeito de um namoro envolvendo a vítima e o autor dos fatos. O autor chega até um de combustíveis, começa a conversar com e depois agride a vitima. São 10 socos contra o rosco. A vítima não reage, fica caída. É um fato bárbaro, não justifica. Um crime que aconteceu por um motivo muito fútil”, disse o delegado.
Acompanhado dos advogados, suspeito se apresentou nesta à polícia no início da tarde — Foto: Divulgação/RPC

Acompanhado dos advogados, suspeito se apresentou nesta à polícia no início da tarde — Foto: Divulgação/RPC

O caso aconteceu em um posto de combustível localizado às margens da BR-376. Imagens de câmeras de segurança registraram as agressões, mas a polícia disse que não compartilhará o material até todas as testemunhas prestarem depoimento.

Segundo o delegado Machado, Cassiano levou 10 socos no rosto, além de um chute. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

O advogado Caio Percival, que integra a defesa de Henrique, disse que o suspeito se arrependeu e que ele agiu em legítima defesa.

“Ele [Henrique] vai até o posto, local público, bem iluminado, com muitas testemunhas, com câmera, não vai empunhando arma de fogo, nenhum tipo de faca. Ele vai para conversar. E essa conversa acabou muito mal. O Cassiano precipitou a própria morte. Não só porque ele violou um código de amizade, mas mais do que isso, porque chegando lá, ele oferece pra ele uma série de impropérios e ameaça agredi-lo”.

Segundo a defesa, Henrique prestou depoimento e foi liberado. Não há data para a polícia finalizar o inquérito policial.

Vídeos mais assistidos do g1 PR:

Veja mais notícias da região metropolitana em g1 Paraná.



Fonte: G1


24/01/2022 – Rota do Sol FM

SEGUE A @ROTADOSOLFM

(45) 3287-1475

rotadosolfm@hotmail.com
Boa Vista da Aparecida – PR
Rua Celmo Miranda, 802 – Alto da Colina

NO AR:
AMOR SEM FIM