NOTÍCIAS


Homem reage a abordagem policial, atira, e é morto; moradores destroem ônibus em protesto


Um homem de 25 anos morreu baleado na noite desta segunda-feira (7) em Curitiba após reagir a uma abordagem policial. De acordo com informações da Polícia Militar, ele apresentou “atitude suspeita” e, ao ser abordado, sacou uma arma e atirou contra os policiais.

Segundo a corporação, os policiais revidaram e balearam o suspeito. Ele morreu no local e teve a arma apreendida. O episódio ocorreu na Rua Sérgio Dudeck, no Prado Velho.

Pouco depois do início do confronto, ainda segundo a PM, cerca de vinte moradores da região iniciaram um protesto.

  • LEIA MAIS: Filha descobre ‘dinheiro esquecido’ dos pais, planeja surpresa, mas só encontra R$ 1: ‘Quem foi surpreendida fui eu’
  • Cão deita ao lado de suspeitos durante abordagem policial no Paraná, e foto viraliza: ‘Cachorro foi parceiro dos caras’, diz PM

De acordo com Mateus Ferreira da Silva, tenente da Polícia Militar, os moradores entulharam objetos e atearam fogo nos materiais.

Na sequência, disse o tenente, os manifestantes viram que um ônibus passava pela rua, forçaram o motorista a parar o veículo bloqueando o trânsito. Após a retirada dos passageiros, o ônibus foi apedrejado e incendiado.

O episódio aconteceu na altura do portão 3, da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR), na Rua Guabirotuba, 734. Ainda segundo o tenente da PM, a polícia precisou usar balas de borracha para conter a situação.

De acordo com o Sindicato das Empresas de Ônibus de Curitiba e Região Metropolitana (Setransp), o ônibus abordado fazia a linha Cabral/Portão.

Em nota, a organização repudiou o “incêndio criminoso” e disse que, segundo as primeiras informações, ninguém ficou ferido.

“Felizmente, ninguém se feriu, segundo as primeiras informações. No entanto, o vandalismo deixa outras consequências, e quem sai prejudicada é toda a sociedade. Uma delas é imediata: menos ônibus para atender a população”, disse o sindicato.

O Setransp afirmou que acompanha o caso de perto e que entrou em contato com a Urbs e os órgãos de segurança para que “esse tipo de ato seja coibido rapidamente e os culpados, punidos, a fim de que essa prática não se torne corriqueira e, potencialmente, trágica”.

Veja os vídeos mais assistidos do g1 PR:



Fonte: G1


07/03/2022 – Rota do Sol FM

SEGUE A @ROTADOSOLFM

(45) 3287-1475

rotadosolfm@hotmail.com
Boa Vista da Aparecida – PR
Rua Celmo Miranda, 802 – Alto da Colina

NO AR:
MANHÃ 107