NOTÍCIAS


Justiça determina que município de São Tomé não renove contrato com médicas terceirizadas por serem tias do prefeito; suspeita é de nepotismo, segundo MP | Norte e Noroeste


A Justiça determinou que município de São Tomé, no noroeste do Paraná, não renove contrato com duas médicas contratadas por meio de serviço terceirizado, por serem tias do prefeito da cidade. Conforme o Ministério Público do Paraná (MP-PR) há suspeita de nepotismo.

O g1 tenta contato com a prefeitura da cidade.

Conforme a Justiça, o contrato das duas profissionais ocorreu através de licitação, mas com diversas irregularidades. Entre elas, o curto período disponibilizado para o credenciamento de possíveis interessados na concorrência.

Além disso, conforme a Justiça, a prefeitura já mantém contratos administrativos com empresas prestadoras de serviços médicos para a realização de plantões e atividades complementares.

Segundo o MP, o contrato com elas teve início em 2021 e encerra em setembro deste ano.

Desta forma a ação civil publica encaminhada pelo MP à Justiça exige que a necessidade de serviços médicos seja suprida por profissionais aprovados em concurso público ou a partir de recrutamento de servidores aprovados em Processos Seletivos Simplificados (PSS) e pede a anulação do contrato mantido entre a prefeitura com as duas médicas.



Fonte: G1


14/06/2022 – Rota do Sol FM

SEGUE A @ROTADOSOLFM

(45) 3287-1475

rotadosolfm@hotmail.com
Boa Vista da Aparecida – PR
Rua Celmo Miranda, 802 – Alto da Colina

NO AR:
CONEXÃO 107