NOTÍCIAS


Justiça Eleitoral determina mudança de nome de urna da candidata Flávia Francischini | Eleições 2022 no Paraná


O pedido de registro de candidatura informou como nome de urna “Francischini”. À Justiça, a Procuradoria Regional Eleitoral do Ministério Público Federal (MPF) pediu que ela deixe de usar apenas o sobrenome avulso.

No pedido, a procuradoria argumentou que não pretende proibir que a candidata utilize o próprio sobrenome como nome de urna, mas alertou que o uso sem prenome poderia “facilmente remeter” ao ex-deputado estadual Fernando Francischini.

A decisão é desta segunda-feira (12), último dia para a Justiça Eleitoral definir a situação das candidaturas para as eleições. No processo, os advogados da candidata protocolaram um ofício informando, nesta segunda, que formalizaram a alteração de nome.

O g1 aguarda retorno da defesa de Flávia sobre a decisão.

Flávia Francischini, vereadora em Curitiba, é candidata nas eleições de 2022 — Foto: Divulgação/Câmara Municipal de Curitiba

Flávia Francischini, vereadora em Curitiba, é candidata nas eleições de 2022 — Foto: Divulgação/Câmara Municipal de Curitiba

Fernando Francischini teve o mandato cassado em outubro de 2021, acusado de divulgar fake news sobre urnas eletrônicas.

  • Quem é Fernando Francischini, deputado cassado por fake news sobre urnas eletrônicas
  • TSE nega recurso para Fernando Francischini e mantém cassação do mandato de deputado

A procuradoria também alegou que o sobrenome avulso pode remeter à candidatura do deputado federal Felipe Francischini, filho de Fernando.

O órgão também destacou que, nas eleições de 2020, quando concorreu ao cargo de vereadora em Curitiba, a candidata utilizou na urna o nome Flávia Franchiscini.

A procuradoria apresentou o pedido solicitando a alteração de nome pela candidata, alegando possibilidade de indeferimento do registro de candidatura.

Nesta segunda-feira (12), o relator do caso, juiz Thiago Paiva dos Santos, disse que o uso isolado do sobrenome em urna “pode estabelecer no eleitorado dúvida quanto à identidade”, por isso, solicitou a adequação.

“A utilização apenas do sobrenome da família, da qual isoladamente (somente pelo sobrenome) a requerente não é conhecida, acarreta a possibilidade de dúvida quanto à pessoa que está concorrendo – se Flávia ou Fernando, o que recomenda que não se permita o uso apenas do sobrenome ‘Francischini’ como nome de urna pela requerente”.

Até a última atualização desta reportagem, o registro da candidatura de Flávia no Divulgacand, plataforma de candidaturas do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), continuava aguardando julgamento para deferimento e indeferimento.

O nome de urna também continuava registrado apenas como “Franchiscini”. A última atualização do sistema aconteceu no dia 10 de setembro.

Vídeos mais assistidos do g1 PR:



Fonte: G1


12/09/2022 – Rota do Sol FM

SEGUE A @ROTADOSOLFM

(45) 3287-1475

rotadosolfm@hotmail.com
Boa Vista da Aparecida – PR
Rua Celmo Miranda, 802 – Alto da Colina

NO AR:
SUCESSOS DA TARDE