NOTÍCIAS


Mãe suspeita de matar os 2 filhos: mulher é indiciada por homicídio qualificado, ocultação de cadáver e tortura, diz polícia | Campos Gerais e Sul


Ainda conforme o documento, ela vai responder pelas qualificadoras de motivo torpe, asfixia, meio que impediu a defesa da vítima e também por crime cometido contra menor de 14 anos.

  • O que se sabe e o que falta esclarecer sobre o caso

Procurada, a defesa da mulher afirmou que vai aguardar ter ciência de toda a documentação juntada para depois se manifestar.

As crianças tinham três e 10 anos. Elas foram encontradas mortas na cama do apartamento onde moravam no último dia 27, quando a mulher foi presa e confessou aos policiais, ainda no imóvel, ter matado os filhos.

Depois, em depoimento na delegacia, ela permaneceu em silêncio.

  • Defesa pediu laudo de insanidade mental
  • Exame confirmou que menina de 10 anos foi mantida viva com cadáver do irmão
Mãe é presa suspeita de matar filhos de 3 e 10 anos no Paraná — Foto: William Batista/RPC

Mãe é presa suspeita de matar filhos de 3 e 10 anos no Paraná — Foto: William Batista/RPC

Para a delegada Ana Hass, responsável pelo caso, a mulher tinha intenção de se livrar das crianças para “viver uma nova vida”. Segundo a polícia, a mulher chegou a fazer “estudos” sobre como descartar os corpos.

O inquérito concluiu que a filha foi mantida viva junto ao cadáver do irmão e passou por intenso sofrimento mental e psicológico durante o período.

Câmeras de segurança do hall do prédio onde os corpos foram encontrados registraram, segundo a polícia, as últimas vezes em que as crianças foram vistas. As gravações são do dia 11 de agosto. Veja trechos abaixo:

Imagens mostram último dia em que filhos que teriam sido mortos pela mãe foram vistos

Imagens mostram último dia em que filhos que teriam sido mortos pela mãe foram vistos

A delegada também afirmou que, após se mudar para Guarapuava, a mãe isolou as crianças de membros da família.

“A suspeita quis desde sempre viver uma nova vida e é por isso que ela escolheu outra cidade. Isolou essas crianças de qualquer membro da família, não criou nenhum vínculo próximo com ninguém, de forma a fazer com que a falta dessas crianças não fosse sentida”, afirmou Hass.

Para ela, a polícia tem indícios suficientes para acreditar que a mãe premeditou o crime, como a antecipação da festa de aniversário dos filhos feita pela mulher.

Aos policiais, a mãe afirmou que antecipou a comemoração porque tinha intenção de cometer suicídio, mas a delegada descartou a possibilidade.

“A antecipação da festa de aniversário não era porque ela não estaria aqui, mas sim porque as crianças não estariam aqui”, disse.

A Polícia Civil chegou até o local em que os corpos estavam após um advogado de Santa Catarina acionar as autoridades. A mulher foi presa em flagrante pelos crimes de ocultação de cadáver e fraude processual.

À RPC, a delegada afirmou que a mulher confessou o crime e que disse ter matado as crianças cerca de 15 dias antes da prisão.

Ainda de acordo com Ana Hass, o menino de três anos teria sido morto asfixiado com um travesseiro e a menina recebido um calmante da mãe e depois sido enforcada com um cachecol.



Fonte: G1


06/09/2022 – Rota do Sol FM

SEGUE A @ROTADOSOLFM

(45) 3287-1475

rotadosolfm@hotmail.com
Boa Vista da Aparecida – PR
Rua Celmo Miranda, 802 – Alto da Colina

NO AR:
TERRITÓRIO 107