NOTÍCIAS


Morre Rosy de Sá Cardoso, primeira mulher a ter registro profissional de jornalista no Paraná


Rosy de Sá Cardoso, primeira mulher a ter registro profissional de jornalista no Paraná, pioneira na comunicação do estado, morreu na madrugada desta quinta-feira (3), aos 95 anos.

Segundo nota da Prefeitura de Curitiba, ela estava internada no Hospital da Cruz Vermelha e morreu por falência múltipla dos órgãos em função da idade avançada.

Até a publicação desta reportagem, a assessoria do hospital não havia divulgado informações a respeito.

A jornalista nasceu em 19 de dezembro de 1926, em Curitiba. Trabalhou nas redações dos jornais O Dia, Estado do Paraná e da Gazeta do Povo, onde atuou por 40 anos.

A comunicadora iniciou a carreira como cantora, interpretando boleros na Rádio Guairacá e, segundo registros da Gazeta do Povo, teve calo nas cordas vocais, o que a fez migrar para o jornalismo, onde traçou uma trajetória marcante.

Nas redes sociais, o prefeito Rafael Greca (DEM) lamentou a morte de Rosy, valorizando a carreira profissional e a trajetória dela nas redações e nos palcos.

Prefeito de Curitiba, Rafael Greca (DEM), lamentou a morte de Rosy de Sá Cardoso — Foto: Reprodução/Facebook

Prefeito de Curitiba, Rafael Greca (DEM), lamentou a morte de Rosy de Sá Cardoso — Foto: Reprodução/Facebook

A diretora da unidade de jornais do Grupo Paranaense de Comunicação (GRPCOM), Ana Amélia Filizola, destacou o amor de Rosy pela comunicação e o exemplo de vida que ela deixa.

“O legado de uma pessoa curiosa, atenta, que queria viver. Apesar da idade, ela nunca deixou de querer conhecer o mundo. Não só pela curiosidade do turismo, mas o mundo através das pessoas, das interações. A Rosy mostra claramente o que é o jornalismo de verdade, de pessoas que querem trazer para as pessoas fatos que possam mudar a sua vida”, disse.

Até o início da tarde desta quinta-feira, as informações sobre velório e sepultamento não haviam sido divulgadas.

Rosy de Sá Cardoso, primeira mulher jornalista a ter registro profissional no Paraná, morreu nesta quinta-feira (3), em Curitiba — Foto: Reprodução/RPC

Rosy de Sá Cardoso, primeira mulher jornalista a ter registro profissional no Paraná, morreu nesta quinta-feira (3), em Curitiba — Foto: Reprodução/RPC

Assista aos vídeos mais acessados do g1 PR



Fonte: G1


03/02/2022 – Rota do Sol FM

SEGUE A @ROTADOSOLFM

(45) 3287-1475

rotadosolfm@hotmail.com
Boa Vista da Aparecida – PR
Rua Celmo Miranda, 802 – Alto da Colina

NO AR:
ROTA SERTANEJA