NOTÍCIAS


MP recomenda que professores da rede municipal de Francisco Beltrão que fazem paralisação não impeçam outros profissionais de receber alunos | Oeste e Sudoeste


O Ministério Público do Paraná (MP-PR) encaminhou nesta quarta-feira (6) uma recomendação administrativa à presidência do Sindicato dos Trabalhadores na Educação Pública e ao comando da paralisação dos professores, para que não impeçam os funcionários da educação que não querem participar da paralisação, de trabalhar e receber os alunos no horário normal.

A recomendação veio após paralisação de parte dos professores iniciada na terça-feira (5) que fez com que as aulas da rede municipal começassem com ao menos uma hora de atraso.

Eles exigem pagamento de reajustes que constam no Plano de Cargos e Salários. A lei municipal que prevê aumentos, de 20% a 50% para professores que concluem cursos de graduação, pós-graduação e mestrado, não está sendo cumprida, segundo os profissionais.

  • Aulas da rede municipal começam com uma hora de atraso em Francisco Beltrão após paralisação de professores
Aulas da rede municipal começam com uma hora de atraso em Francisco Beltrão após paralisação de professores  — Foto: Reprodução RPC

Aulas da rede municipal começam com uma hora de atraso em Francisco Beltrão após paralisação de professores — Foto: Reprodução RPC

Conforme o MP, os profissionais têm 24 horas cumprir a recomendação sob pena de serem tomadas as medidas legais cabíveis, segundo o órgão.

Segundo a promotora Camille Dib Crippa, houve diversas denúncias de funcionários que estavam sendo impedidos de cumprir o horário por aqueles que estão participando da paralisação.

Ela afirmou que as crianças não podem ser impedidas de entrar nas creches e nas escolas e ficarem nas ruas à espera do horário de entrada autorizado pelos professores que participam da paralisação.

O sindicato não se pronunciou sobre a medida até a publicação desta reportagem.

Em nota, encaminhada na terça-feira (5), a prefeitura de Francisco Beltrão afirma que está pagando o piso nacional, reajustado pelo Governo Federal em 33,23% esse ano, no valor de R$ 3.845,63 para 40 horas aos professores.

A administração municipal disse ainda que devido à situação econômica, em que todos estão com poder de compra diminuído pela inflação, não há como privilegiar nenhuma categoria de servidores.

Também informou na nota que as escolas e Cmeis devem receber os alunos no horário normal e que vai descontar as horas não trabalhadas dos professores e que profissionais com contrato temporário podem ter os contratos interrompidos.

VÍDEOS: Mais assistidos g1 PR



Fonte: G1


06/07/2022 – Rota do Sol FM

SEGUE A @ROTADOSOLFM

(45) 3287-1475

rotadosolfm@hotmail.com
Boa Vista da Aparecida – PR
Rua Celmo Miranda, 802 – Alto da Colina

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO