NOTÍCIAS


Mulher de apoiador de Bolsonaro que matou tesoureiro do PT diz em depoimento que ele estava no local fazendo ronda, segundo promotor | Oeste e Sudoeste


A mulher do policial federal penal Jorge José da Rocha Guaranho que matou a tiros o tesoureiro do PT de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, afirmou em depoimento na segunda-feira (11) que o marido estava no local fazendo ronda por ser membro da associação onde festa era realizada.

As informações foram repassadas à RPC pelo promotor de Justiça Tiago Lisboa Mendonça nesta terça-feira (12).

” Ela ressaltou uma tese inicial que surgiu no curso da investigação, de que o autor do fato, o agressor, o Guaranho ele integrava os quadros associativos do local onde era realizada a festa. Ele frequentava ali com relativa frequência, praticamente todas as terças e sextas. […] Naquele dia específico, ele passou por lá para fazer uma ronda, que era comum ser feitos pelos membros da associação,” afirmou Tiago.

O crime aconteceu na madrugada de domingo (10). Marcelo Arruda, de 50 anos, foi morto a tiros na própria festa de aniversário – com temática do Partido dos Trabalhadores e o ex-presidente Lula – pelo policial penal federal Jorge Guaranho. Veja outros detalhes mais abaixo nesta reportagem.

  • Veja a cronologia do assassinato de tesoureiro do PT morto por apoiador de Bolsonaro em Foz do Iguaçu
  • Secretário do PR diz haver indício de intolerância política na morte de petista por bolsonarista

O promotor disse ainda que a mulher negou que eles conhecessem a vítima ou qualquer pessoa da família de Marcelo.

“Todas diligências estão sendo realizadas, oitivas das testemunhas estão sendo colhidas, os laudos periciais estão sendo produzidos, serão encartados nos autos do inquérito policial e seguir nas investigações. Tem muito serviço pela frente,” finalizou o promotor.

Em nota nesta terça (12) a Secretaria da Segurança Pública e a Polícia Civil do Paraná informaram que até o momento foram ouvidas oito testemunhas que estavam no local dos fatos e familiares do autor.

Ainda conforme nota, a Polícia Científica trabalha para que o inquérito seja concluído até a próxima terça-feira (19).

Depoimento mulher do tesoureiro

Nesta terça, a mulher de Marcelo de Arruda, Pâmela da Silva prestou depoimento. Em entrevista à RPC, ela informou que apenas reforçou o que já está claro até o momento.

“Vamos falar a verdade, para que as coisas fiquem claras, porque mais claras do que estão, eu acho impossível, só pra não distorcer nada do que aconteceu,” afirmou Pâmela.

A Justiça decretou a prisão preventiva de Jorge Guaranho, na segunda (11) após pedido do Ministério Público do Paraná (MP-PR).

“Embora ele se encontre internado, pelo que levantamos ontem, […] o estado de saúde dele é grave, mas não sei hoje. […] mesmo na atual condição dele, ele teve a prisão decretada, e está em escolta da polícia militar e tão logo se reestabeleça, será ouvido. Uma audiência de custódia será realizada assim que ele estiver em condições e será ouvido no próprio processo penal,” informou na segunda (11) o promotor Thiago.

  • Justiça decreta prisão preventiva de apoiador de Bolsonaro que matou a tiros tesoureiro do PT em Foz do Iguaçu

Câmeras de segurança registraram o momento em que o policial penal chegou de carro e parou na porta da festa. Ele fez uma manobra e virou o carro. Marcelo e a esposa saíram e houve uma discussão.

  • Guarda Municipal que era tesoureiro do PT é morto a tiros por apoiador de Bolsonaro na própria festa de aniversário, em Foz do Iguaçu

O boletim de ocorrência informa que Guaranho chegou no local de carro e que no veículo estavam também uma mulher e um bebê.

Depois de alguns segundos, Jorge foi embora. Ele voltou ao local minutos depois no mesmo carro, desceu do veículo e atirou ainda do lado de fora.

  • O que se sabe sobre o assassinato de petista por apoiador de Bolsonaro no Paraná

Segundo o documento, ele desceu do carro armado, gritando: “Aqui é Bolsonaro!”. De acordo com o boletim, o policial penal não era conhecido de ninguém na festa nem foi convidado.

O atirador, em seguida, entrou no salão de festas, onde disparou novamente contra Marcelo. Veja no vídeo abaixo.

Vídeo mostra momento em que petista é morto em Foz do Iguaçu

Vídeo mostra momento em que petista é morto em Foz do Iguaçu

Outra câmera, instalada dentro do salão onde ocorria a festa de aniversário, registrou o momento em que o tesoureiro do PT foi baleado.

Ao ser atingido por Guaranho, Marcelo Arruda, que estava armado, revidou. Nas imagens da câmera, Marcelo aparece caindo no chão do salão.

O atirador fez então outros disparos, conforme mostra o vídeo. Em seguida, uma mulher – que, segundo a polícia, seria a esposa de Marcelo – tentou impedir que o atirador continuasse e o empurrou.

A festa de aniversário comemorava os 50 anos de Marcelo Arruda e tinha como tema o PT e o ex-presidente Lula. A comemoração era realizada na sede da Associação Esportiva Saúde Física Itaipu, na Vila A.

A Sesp-PR informou que montou uma força-tarefa para investigar o caso. Com isso, designou a delegada Camila Cecconello, chefe da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) do Paraná, para comandar as investigações.

Chefe da Divisão de Homicídios do Paraná vai comandar investigação de morte de tesoureiro do PT por apoiador de Bolsonaro.

  • Chefe da Divisão de Homicídios do Paraná vai comandar investigação de morte de tesoureiro do PT por apoiador de Bolsonaro

Uma equipe de Curitiba também foi enviada para Foz do Iguaçu para acelerar as investigações do caso.

A delegada Iane Cardoso, lotada em Foz do Iguaçu, comandou as investigações nas primeiras horas depois do crime. Entretanto, o governo do estado decidiu nomear Camila para presidir o inquérito.

Iane foi acusada pelo PT de fazer postagens contra o partido em uma rede social, em 2016. O partido informou que iria pedir a federalização das investigações.

A Sesp-PR informou que Iane continua fazendo parte das investigações e integra a força-tarefa.

VÍDEOS: Mais assistidos g1 PR



Fonte: G1


12/07/2022 – Rota do Sol FM

SEGUE A @ROTADOSOLFM

(45) 3287-1475

rotadosolfm@hotmail.com
Boa Vista da Aparecida – PR
Rua Celmo Miranda, 802 – Alto da Colina

NO AR:
NATIVO E SERTANEJO