NOTÍCIAS


Mulher morta a tiros em Colombo era suspeita de matar homem que estuprou filha dela, diz polícia


A Polícia Civil confirmou nesta sexta-feira (4) que a mulher morta a tiros na noite de quarta-feira (2), em Colombo, era a suspeita de matar o homem que confessou ter estuprado a filha dela. Em dezembro, a mulher chegou a ser levada para a delegacia prestar depoimento, e foi liberada na sequência.

As investigações estão em fase inicial e ainda não há confirmação se os crimes estão relacionados.

Segundo testemunhas, por volta das 19h30 de quarta-feira, moradores ouviram barulhos de tiros. Quando saíram das casas, viram um carro saindo do local, pela Rua Antonio Ferrarini.

Os moradores encontraram a mulher caída no chão e acionaram socorro, mas ela estava morta quando as equipes chegaram. Antes, também de acordo com as testemunhas, a mulher estava em um carro e foi baleada com tiros na cabeça e no tórax.

Mulher é morta a tiros na região metropolitana de Curitiba

Mulher é morta a tiros na região metropolitana de Curitiba

Em 19 de dezembro, ela foi ouvida na delegacia por ser suspeita de matar a facadas o homem que, segundo ela, confessou ter estuprado a filha dela.

O abuso sexual está sob a investigação do delegado Mario Sergio Bradock. De acordo com ele, a mãe da criança saiu na noite de sábado (19) e deixou a filha sob os cuidados do irmão. Ao retornar para casa, um homem que morava na casa da mulher confessou ter abusado da criança.

Segundo Bradock, após a confissão, a mulher esfaqueou o homem de 25 anos no pescoço. Ele morreu no local.

A mãe da criança chamou a Polícia Militar e se entregou à equipe, informou o delegado. A criança foi socorrida pelo Samu e levada para um hospital. O caso é investigado pela Delegacia do Alto Maracanã, em Colombo.



Fonte: G1


04/02/2022 – Rota do Sol FM

SEGUE A @ROTADOSOLFM

(45) 3287-1475

rotadosolfm@hotmail.com
Boa Vista da Aparecida – PR
Rua Celmo Miranda, 802 – Alto da Colina

NO AR:
ROTA SERTANEJA