NOTÍCIAS


Nível dos reservatórios de água passa de 70% após chuvas em Curitiba e região


O nível dos reservatórios de água de Curitiba e região metropolitana passou de 70% após as chuvas de quarta-feira (5). Na manhã desta quinta (6), pela primeira vez desde a implantação do rodízio, as quatro barragens registravam média 71,15%.

Mesmo assim, a Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) mantém o modelo de rodízio com 60 horas de abastecimento e até 36 horas sem água.

De acordo com o diretoria da Sanepar, a suspensão do rodízio poderá ocorrer quando o nível médio dos reservatórios atingir 80%.

Formação de temporal na terça-feira (4) no Bairro Cristo Rei, em Curitiba — Foto: Andréa Laskowski

Formação de temporal na terça-feira (4) no Bairro Cristo Rei, em Curitiba — Foto: Andréa Laskowski

O rodízio começou na região em maio de 2020. À época, eram quatro dias com água e um dia sem. Três meses depois, ficou mais rigoroso: 36 horas com e 36 horas sem.

Em março de 2021, quando o nível dos reservatórios chegou a 59,79%, a Sanepar flexibilizou para 60 horas com água e 36 horas sem.

Em agosto, com as barragens em 47,5%, a companhia voltou a adotar o esquema de 36 horas com e sem água. Em outubro de 2021, com as chuvas acima da média, o nível das barragens subiu, mas o racionamento foi mantido no mesmo esquema.

Desde 15 de novembro do ano passado, o modelo do rodízio é de 60 horas de abastecimento e até 36 horas com a suspensão do fornecimento de água em Curitiba e RMC.

Nível dos reservatórios de Curitiba e região nesta quinta (6):

  • Iraí: 70,56%
  • Passaúna: 61,67%
  • Piraquara 1: 76,64%
  • Piraquara 2: 88,69%
  • Média total: 71,15%

A Sanepar informou que mantém a orientação para uso econômico e racional da água, levando em conta que o Paraná está em situação de emergência hídrica.

Além disso, conforme a companhia, em 2021, o déficit de chuvas em Curitiba foi de 332 milímetros, em relação à média histórica de precipitações, segundo dados do Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar).

Nuvens carregadas em Curitiba na quarta-feira (5) — Foto: Fernanda Mayer

Nuvens carregadas em Curitiba na quarta-feira (5) — Foto: Fernanda Mayer

De acordo com o Simepar, a frente fria que atingiu a região de Curitiba e litoral na noite de quarta-feira estava na posição de canalizar umidade e provocar nuvens carregadas.

Com as chuvas, o maior volume de água registrado nos reservatórios ocorreu nesta quinta.

Chuvas (volume nas últimas 24 horas)

  • Almirante Tamandaré: 83 milímetros
  • Curitiba (Boa Vista): 80 milímetros
  • Araucária: 77 milímetros

Segundo os dados, os bairros mais ao sul de Curitiba tiveram chuvas de 20 milímetros, enquanto a região norte registrou na casa dos 80 milímetros em bairros como Boa Vista, Cabral e Santa Cândida.

Conforme o Simepar, a previsão é de temperaturas mais baixas e mais amenas nesta quinta-feira. Ainda pode haver chuva na região de Curitiba, mas o volume previsto é menos expressivo do que de quarta-feira.

A previsão é de que pancadas mais fortes de chuva ainda aconteçam no litoral do Paraná.

Curitiba deve registrar máxima de 23 ºC e mínima de 5 ºC nesta quinta.



Fonte: G1


06/01/2022 – Rota do Sol FM

SEGUE A @ROTADOSOLFM

(45) 3287-1475

rotadosolfm@hotmail.com
Boa Vista da Aparecida – PR
Rua Celmo Miranda, 802 – Alto da Colina

NO AR:
AMOR SEM FIM