NOTÍCIAS


Operação Big Brother: Polícia remove câmeras instaladas por bandidos em Curitiba para monitoramento da polícia


Pelo menos oito câmeras foram desinstaladas e apreendidas nesta quinta-feira (27) no bairro Alto Boqueirão, em Curitiba, em uma operação da Polícia Civil (PC-PR) que investiga o monitoramento de ações policiais por bandidos.

A ação da polícia foi nomeada Operação Big Brother, em alusão ao reality Big Brother Brasil (BBB).

Operação Big Brother foi realizada nesta quinta (27) — Foto: Victor Hugo Bittencourt/RPC

Operação Big Brother foi realizada nesta quinta (27) — Foto: Victor Hugo Bittencourt/RPC

De acordo com o delegado Tito Barrichello, da Divisão de Homicídios da Polícia Civil, uma das câmeras apreendidas captava imagens em alta resolução e era controlada remotamente.

Os outros sete equipamentos apreendidos até o início da tarde desta quinta estavam instalados em pontos de tráfico de drogas do bairro.

Câmeras encontradas foram desinstaladas e apreendidas — Foto: Divulgação/RPC

Câmeras encontradas foram desinstaladas e apreendidas — Foto: Divulgação/RPC

“Os criminosos, através dos olheiros, tentam controlar o tráfico aqui no bairro. E nos tínhamos dificuldade em intimar e prender pessoas aqui, e tínhamos informações de que eles tinham a ciência de quando a policia chegava […] Era uma tentativa de controle do bairro, como acontece no Rio de Janeiro, São Paulo, e em outros lugares”, disse o delegado.

Todos os equipamentos estavam, segundo a PC-PR, acoplados em postes de iluminação pública. A polícia não informou há quanto tempo os equipamentos estavam em funcionamento.

Um dos equipamentos apreendidos funcionava por controle remoto, segundo delegado — Foto: Divulgação/RPC

Um dos equipamentos apreendidos funcionava por controle remoto, segundo delegado — Foto: Divulgação/RPC

De acordo com o delegado, os locais exatos que as câmeras estavam não serão divulgados, porque os pontos são de tráfico de drogas.

A informação inicial da polícia é que nenhuma das câmeras apreendidas fazia gravações, apenas geravam imagens ao vivo. A medida, de acordo com o delegado Barrichello, foi pensada pelos bandidos para que eles não gerassem materiais que pudessem incriminá-los.

Os equipamentos apreendidos foram encaminhados para a sede da Polícia Civil, onde as investigações continuam.

A polícia quer, agora, encontrar a central para onde as imagens das câmeras eram enviadas.

Vídeos mais assistidos do g1 PR:



Fonte: G1


27/01/2022 – Rota do Sol FM

SEGUE A @ROTADOSOLFM

(45) 3287-1475

rotadosolfm@hotmail.com
Boa Vista da Aparecida – PR
Rua Celmo Miranda, 802 – Alto da Colina

NO AR:
AMOR SEM FIM