NOTÍCIAS


Paraná confirma mais três mortes e 113 casos de H3N2, diz Sesa


A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) confirmou mais três óbitos e 113 novos casos de H3N2 nesta quarta-feira (5). Com isso, o Paraná soma 375 casos e quatro mortes pela doença, que é considerada um tipo do vírus Influenza A (H3).

Os novos óbitos foram registrados nos municípios de Mandaguaçu (1) e Paranaguá (2). Segundo a secretaria, tratam-se de um homem de 64 anos e duas mulheres de 77 e 79 anos, respectivamente.

Os pacientes estavam internados, possuíam comorbidades e não tomaram a vacina contra a Influenza no ano passado.

No Paraná, a transmissão da doença já é considerada comunitária – quando o contágio entre pessoas ocorre no mesmo território, entre indivíduos sem histórico de viagem e sem que seja possível definir a origem da transmissão.

“Precisamos continuar nos cuidando com o uso de máscaras, álcool gel e lavagem das mãos. Os casos têm aumentado consideravelmente todos os dias, acendendo um alerta para evitar uma possível epidemia de H3N2 no Paraná”, afirmou o secretário da Saúde Beto Preto.

Considerando o aumento no número de casos, a Sesa disse que enviou mais 380 mil unidades do fosfato de oseltamivir (Tamiflu) para as regionais de saúde.

De acordo com a secretaria, em até 48 horas da infecção pelo vírus da Influenza, o medicamento possui efetividade contra o agravamento do quadro clínico, diminuindo o risco de morte, quando receitado por um médico e em dosagem apropriada.

O Ministério da Saúde envia todos os anos vacinas contra a Influenza para os estados na Campanha Nacional de Imunização Contra a Gripe. Em 2021, o Paraná recebeu e distribuiu 5.165.200 doses do imunizante aos 399 municípios.

Segundo os dados do Localiza SUS, administrado pelo Governo Federal, 3.959.452 doses foram aplicadas dentro dessa campanha, atingindo 76,6% do total de doses enviadas.

Conforme a Sesa, se considerar a estimativa de população alvo do Ministério da Saúde (4,4 milhões de paranaenses), que incluiu somente os grupos prioritários, o estado tem cerca de 70% de cobertura vacinal, com 2,1 milhões de doses aplicadas.

“Ainda temos vacina contra a gripe em muitos municípios e eu quero convocar as pessoas que ainda não se imunizaram, mesmo que seja a vacina do inverno passado, possui uma validade muito importante. Por isso contamos com a população para continuar com nosso combate também contra a Influenza”, disse Beto Preto.

Vídeos mais assistidos do g1 PR:



Fonte: G1


05/01/2022 – Rota do Sol FM

SEGUE A @ROTADOSOLFM

(45) 3287-1475

rotadosolfm@hotmail.com
Boa Vista da Aparecida – PR
Rua Celmo Miranda, 802 – Alto da Colina

NO AR:
EXPERIÊNCIA DE DEUS