NOTÍCIAS


Paróquia ucraniana no Paraná produz adesivos para arrecadar dinheiro e enviar a igrejas na Ucrânia


Uma paróquia ucraniana de Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, está produzindo adesivos para arrecadar dinheiro e enviar às igrejas da Ucrânia como ajuda humanitária para o povo do país. Os itens são feitos a partir de recursos recebidos de doações da comunidade.

Entenda, mais abaixo, a invasão russa à Ucrânia.

Segundo a Paróquia Transfiguração de Nosso Senhor, a ideia é que cada adesivo custe R$ 10, mas a contribuição pode ser de outro valor.

  • Ex-consulesa da Ucrânia diz que moradores de Kiev estão em abrigos subterrâneos: ‘Situação muito grave’
Paróquia ucraniana no Paraná produz adesivos para arrecadar dinheiro e enviar a igrejas na Ucrânia  — Foto: André Salamucha/RPC

Paróquia ucraniana no Paraná produz adesivos para arrecadar dinheiro e enviar a igrejas na Ucrânia — Foto: André Salamucha/RPC

Os itens podem ser adquiridos a partir deste sábado (26) por qualquer pessoa, independente da religião, diretamente na secretaria da paróquia, na Av. Dom Pedro II, nº 109.

Todo o dinheiro será encaminhado ao país para que seja utilizado de acordo com a necessidade.

Além disso, a paróquia também vai realizar celebrações especiais das missas durante o fim de semana para rezar pelo povo ucraniano. As sessões serão feitas junto ao arcebispo católico brasileiro do rito ucraniano, Dom Volodêmer.

No sábado (26), a celebração ocorre às 19h, e domingo (27) às 9h. Na quarta (2), a missa acontece às 9h e foi convocada pelo Papa.

Adesivos serão comercializados para ajuda humanitária — Foto: André Salamucha/RPC

Adesivos serão comercializados para ajuda humanitária — Foto: André Salamucha/RPC

A Rússia iniciou, na madrugada quinta-feira (24), uma ampla operação militar para invadir a Ucrânia. Há imagens de explosões e movimentações de tanques em diferentes cidades ucranianas. Putin disse às forças ucranianas que deponham as armas e voltem para casa.

“Quem tentar interferir, ou ainda mais, criar ameaças para o nosso país e nosso povo, deve saber que a resposta da Rússia será imediata e levará a consequências como nunca antes experimentado na história”, afirmou o presidente russo, Vladimir Putin.

Putin atacou o leste da Ucrânia com misseis e explosões. Em resposta, o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, afirmou que distribuiu armas aos ucranianos.

A capital, Kiev, teve congestionamentos, corrida aos mercados e estações de trem lotadas. Milhares de moradores começaram a deixar a cidade desde as primeiras horas do dia.

Fortes explosões foram ouvidas por jornalistas das agências internacionais de notícias no centro de Kiev e também em outras cidades ucranianas.

O ministro das Relações Exteriores da Ucrânia, Dmytro Kuleba, acusou Putin de iniciar uma “invasão em grande escala” contra seu país. “Cidades ucranianas pacíficas estão sob ataque”, tuitou Kuleba.

Países contrários à invasão, como Estados Unidos, França e Inglaterra, anunciaram sanções para sufocar a economia russa, numa tentativa de desestimular os ataques.

Brasileiros que vivem no país tentam deixar a Ucrânia e relatam clima assustador.

Mapa mostra locais da Ucrânia que foram bombardeados em ataques da Rússia — Foto: Arte g1

Mapa mostra locais da Ucrânia que foram bombardeados em ataques da Rússia — Foto: Arte g1

Comunidade ucraniana no Paraná

A cidade de Prudentópolis, na região central do Paraná, tem cerca de 75% da população ucraniana, e é a maior comunidade de ucranianos do Brasil, de acordo com a prefeitura.

O município possui 52.776 habitantes, segundo a última estimativa populacional feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

  • Brasileiros em área de conflito na Ucrânia serão retirados, diz embaixador

Em 2021, após aprovação na Câmara Municipal e sanção do prefeito, a língua ucraniana foi oficializada como língua co-oficial no território de Prudentópolis.

Na justificativa para a decisão, o texto do projeto de lei municipal afirmava que, na cidade, “a importância da língua ucraniana é singular, posto que ainda há publicações em ucraniano, celebrações religiosas, e programação radiofônica na língua trazida pelos imigrantes”.



Fonte: G1


25/02/2022 – Rota do Sol FM

SEGUE A @ROTADOSOLFM

(45) 3287-1475

rotadosolfm@hotmail.com
Boa Vista da Aparecida – PR
Rua Celmo Miranda, 802 – Alto da Colina

NO AR:
CONEXÃO 107