NOTÍCIAS


Plataforma para conectar profissionais da cultura é lançada no Festival de Curitiba


A economia criativa no Brasil movimenta, de acordo com a Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro, mais de R$ 171,5 bilhões por ano. Isso representa quase 3% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro.

Esse universo também é monitorado pela Organização das Nações Unidas (ONU) pelo desempenho na economia global, por conta do poder inclusivo, transformador e sustentável gerado pela cultura de inovação e pela criatividade.

Diante de uma demanda crescente e cada dia mais forte, foi lançada no Festival de Curitiba a plataforma digital CACO.

Com um modelo inédito no mundo, a ferramenta promete conectar profissionais do setor cultural e ser um espaço para divulgação de trabalhos, observação das tendências do teatro e novas oportunidades.

“É como uma rede social, onde as pessoas poderão encontrar salas de teatro disponíveis para apresentações, profissionais de cada segmento, como atores, iluminadores, sonorizadores, contrarregras, por exemplo, e tudo que possa estimular a troca e os contatos entre quem faz teatro pelo Brasil e pelo mundo”, conta Fabíula Passini, diretora do Festival de Curitiba e organizadora do projeto.

Outros diferenciais serão a realização de cursos e ofertas de conteúdo específico. A plataforma será, também, uma espécie de depósito virtual do repertório das companhias, para hospedar vídeos, fotos, guias e outras informações importantes.

No futuro, a CACO abrangerá o público final – os espectadores – e será também um guia cultural e local para compra de ingressos, entre outras funcionalidades.

Fabíula Passini e Rafael Pedroso apresentam plataforma CACO. — Foto: Annelize Tozetto

Fabíula Passini e Rafael Pedroso apresentam plataforma CACO. — Foto: Annelize Tozetto

Para se cadastrar basta acessar o site ou baixar o aplicativo disponível no Google Play, Apple Store e outras lojas digitais.

O processo é simples e intuitivo. “As pessoas precisam se cadastrar e informar o que fazem, onde residem. Como é a versão Beta que está no ar, vamos abrir espaço para que as pessoas conversem conosco e nos digam o que pode ser melhorado”, afirma Rafael Pedroso, que integra a equipe de desenvolvimento da plataforma.

Pedroso conta que o desenvolvimento da CACO envolveu mais de 50 pessoas em uma imersão pelo mundo do teatro.

O incentivo para o uso da rede CACO virá por meio de embaixadores nos principais centros culturais do país. O próprio Festival de Curitiba deve acionar, em breve, todo o mailing de companhias, falando sobre essa nova funcionalidade.

Para Leandro Knopfholz, criador e um dos diretores do Festival de Curitiba, a expectativa, além de aproximar os profissionais, é gerar trabalhos, negócios e conhecimento para quem estiver dentro da rede. “A Plataforma tem um viés econômico muito forte. Queremos que se torne uma mina de recursos de teatro e beneficie a todos os envolvidos na área”, avalia Leandro.

A plataforma foi desenvolvida em parceria com as empresas PARNAXX e HERO99.



Fonte: G1


11/04/2022 – Rota do Sol FM

SEGUE A @ROTADOSOLFM

(45) 3287-1475

rotadosolfm@hotmail.com
Boa Vista da Aparecida – PR
Rua Celmo Miranda, 802 – Alto da Colina

NO AR:
SUCESSOS DA TARDE