NOTÍCIAS


Polícia Ambiental e IAT resgatam 60 aves nativas mantidas de forma irregular em casa, em Pato Branco; morador é multado em R$ 30 mil


Equipes da Polícia Ambiental e do Instituto Água e Terra (IAT) resgataram 60 aves nativas que eram mantidas em cativeiro irregular, em uma casa, em Pato Branco, no sudoeste do Paraná.

Segundo o IAT, o morador responsável pela residência foi multado em R$ 30 mil por crimes ambientais. O homem, segundo o instituto, é reincidente neste tipo de crime.

A apreensão foi registrada na terça-feira (25), após denúncias anônimas feitas aos policiais.

Foram resgatados seis pintassilgos, 22 trinca-ferros, 16 azulões, cinco coleirinhos, sete canários da terra, três bicos de pimenta e um cardeal. Os animais passaram por avaliação de veterinários.

Do total de aves resgatadas, 33 foram consideradas aptos para soltura e devem ser devolvidas ao meio-ambiente. As outras, segundo o IAT, serão encaminhadas para empreendimentos de fauna licenciados, por não possuírem condições de sobrevivência em habitat natural.

Aves eram mantidas em gaiolas e sem condições necessárias de cuidados, em Pato Branco, segundo o IAT — Foto: Divulgação/Instituto Água e Terra

Aves eram mantidas em gaiolas e sem condições necessárias de cuidados, em Pato Branco, segundo o IAT — Foto: Divulgação/Instituto Água e Terra

Segundo a Lei Federal nº 9.605/98, caracteriza-se como crime contra a fauna “o ato de matar; perseguir; caçar; apanhar; coletar; ou se apropriar de espécimes da fauna silvestre – nativos ou em rota migratória – sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente”.

Em caso de comprovação, a pena varia entre seis meses a um ano de prisão, além de multa. No caso de Pato Branco, o morador não foi preso.

Exigências para criadores

Conforme o IAT, a criação amadora de pássaros silvestres é permitida, desde que haja autorização, sob as regras previstas em lei estadual.

Os animais precisam ser cuidados em viveiros ou gaiolas com água limpa, poleiros adaptados para cada espécie, alimento e banheira removível para higienização, além de outras exigências.

Também é necessário que cada ave tenha anilhas identificadoras e que as gaiolas sejam mantidas em local arejado e protegido.

Polícia Ambiental e IAT apreenderam aves nativas após denúncias anônimas, em Pato Branco — Foto: Divulgação/Instituto Água e Terra

Polícia Ambiental e IAT apreenderam aves nativas após denúncias anônimas, em Pato Branco — Foto: Divulgação/Instituto Água e Terra

Assista aos vídeos mais acessados do g1 PR



Fonte: G1


27/01/2022 – Rota do Sol FM

SEGUE A @ROTADOSOLFM

(45) 3287-1475

rotadosolfm@hotmail.com
Boa Vista da Aparecida – PR
Rua Celmo Miranda, 802 – Alto da Colina

NO AR:
AMOR SEM FIM