NOTÍCIAS


Polícia conclui investigação e indicia homem por morte de mulher e adolescente em Piraí do Sul


O documento foi enviado ao Ministério Público do Paraná (MP-PR) e indicia o homem pelos crimes de homicídio qualificado, ocultação de cadáver, vilipêndio e corrupção de menor.

Ainda de acordo com a polícia, outros dois adolescentes envolvidos no crime, de 13 e de 17 anos, vão responder por atos infracionais análogos, exceto de corrupção.

O caso aconteceu em 17 de fevereiro, quando a adolescente Luana Lopes Teles, de 17 anos, e a mulher Cintia Marques da Silva, de 23 anos, foram encontradas mortas em uma mata da cidade.

O g1 tenta contato com o citado, mas até a publicação desta reportagem ele estava sem advogado constituído.

Da esquerda para direita: Luana e Cintia — Foto: Divulgação

Da esquerda para direita: Luana e Cintia — Foto: Divulgação

Um vídeo de uma câmera de segurança mostra o momento em que as vítimas entram em um carro. O registro é de um posto de gasolina nas margens da PR-151. O veículo, segundo a polícia, pertence a Rafael Ribeiro de Abreu, o homem de 24 anos. Assista acima.

Segundo a Polícia Civil, ambas foram estupradas e decapitadas.

“Quem cortou a cabeça das duas foi o adolescente de 17 anos. Ele assumiu os crimes”, disse o delegado.

A polícia disse que as vítimas conheciam os suspeitos, mas que elas não tinham contato íntimo com eles.

De acordo com o delegado Camargo, Luana e Cintia saíram do posto na madrugada de domingo e foram com o homem e os adolescentes, para uma região de mata.

Lá, ainda de acordo com o delegado, o adulto de 24 anos matou Cintia com um tiro de espingarda após ela se negar a fazer sexo com ele. “Ao que tudo indica, ela morreu na hora”, disse. O Instituto Médico Legal (IML) ainda não confirmou a hipótese.

Segundo Camargo, após a morte de Cintia, o homem de 24 anos atirou na barriga de Luana, que não morreu na hora. Segundo o delegado, ela foi estuprada pelo suspeito. A arma do crime, segundo a polícia, não foi encontrada.

Participação dos adolescentes

O delegado disse que os depoimentos colhidos também detalham a participação dos dois adolescentes no crime.

De acordo com Camargo, os irmãos de 13 e 17 anos foram responsáveis por decapitar as duas vítimas, a mando do adulto.

“Os três saíram de lá, mas o carro estragou na área rural e eles ainda voltaram pra cidade a pé. O adulto voltou em algum dia seguinte para buscar o carro e escondeu a espingarda, que ainda não foi localizada”, disse o delegado.

Localização das vítimas

Os corpos das mulheres foram encontrados abaixo de uma vegetação. Cintia, segundo o delegado, estava sem roupas. As cabeças de ambas estavam enterradas há poucos metros dos corpos.

“Ele [de 17 anos] diz que está arrependido, mas demonstra muita frieza. Eles seguiram a vida normalmente, inclusive foram trabalhar durante a semana”.



Fonte: G1


25/02/2022 – Rota do Sol FM

SEGUE A @ROTADOSOLFM

(45) 3287-1475

rotadosolfm@hotmail.com
Boa Vista da Aparecida – PR
Rua Celmo Miranda, 802 – Alto da Colina

NO AR:
SUCESSOS DA TARDE