NOTÍCIAS


Polícia prende mulher condenada por matar e esquartejar marido | Paraná


A prisão foi cumprida em ação conjunta das polícias militares do Paraná e de Minas. Ao g1, a defesa de Ellen disse apenas já ter tido conhecimento da prisão.

Júri popular realizado nesta segunda-feira (11) em Curitiba a condenou a 24 anos e seis meses de prisão por homicídio qualificado. Ela confessou o crime e respondia o processo em liberdade.

  • ‘Eu destravei e dei um tiro nele, na cabeça’, diz suspeita de matar PM

O mandado de prisão preventiva cumprido contra ela nesta terça foi expedido após Ellen mudar de estado sem avisar a Justiça.

Mulher que confessou ter matado o marido PM é condenada a 24 anos e 6 meses de prisão

Mulher que confessou ter matado o marido PM é condenada a 24 anos e 6 meses de prisão

Polícia encontrou mala com partes do corpo da vítima

O crime foi em 2016. Conforme a acusação, a mulher matou o marido com um tiro nas costas após discussão por gastos. Depois, ela esquartejou o corpo da vítima, colocando parte em uma mala e outra em embalagens plásticas enterradas em Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba.

O Ministério Público do Paraná (MP-PR) também apontou nas investigações uma falsa comunicação de sequestro e de tentativa de estupro na Delegacia da Mulher em Curitiba meses antes do crime.

À polícia, ela afirmou que havia gasto as economias do casal, o que gerou a discussão que acabou com o militar morto dentro de casa. Conforme o MP-PR, o valor em questão era de R$ 46 mil.

A defesa Ellen Federizzi afirmou que vai recorrer da decisão do júri para tentar redução da pena.

  • LEIA MAIS: Vídeos mostram suspeita de matar marido policial comprando ferramenta

VÍDEOS: os mais assistidos do g1 PR



Fonte: G1


12/07/2022 – Rota do Sol FM

SEGUE A @ROTADOSOLFM

(45) 3287-1475

rotadosolfm@hotmail.com
Boa Vista da Aparecida – PR
Rua Celmo Miranda, 802 – Alto da Colina

NO AR:
SUCESSOS DA TARDE