NOTÍCIAS


Prefeitura de Curitiba contrata 75 milhões de dólares para implantação do Ligeirão Leste-Oeste


A Prefeitura de Curitiba contratou, nesta terça-feira (28), um empréstimo de US$ 75 milhões junto ao Novo Banco de Desenvolvimento (NDB), instituição financeira internacional que liberará recursos para as obras de implantação do Ligeirão Leste-Oeste. O contrato foi assinado pelo prefeito Rafael Greca (DEM).

Segundo a prefeitura, o novo eixo proporcionará redução de até 23 minutos no tempo de deslocamento dos usuários do trajeto, além do aumento do número de passageiros em dias úteis em 5%.

  • Compartilhe esta notícia no WhatsApp
  • Compartilhe esta notícia no Telegram

Promessa antiga na capital paranaense, o projeto prevê o aumento de velocidade e modernização do Ligeirão Leste-Oeste, trazendo melhorias entre o eixo de Pinhais, na região metropolitana, e o terminal da Cidade Industrial (CIC-Norte). Confira detalhes do projeto abaixo.

Segundo a prefeitura, o contrato prevê investimento total de US$ 93,75 milhões, dos quais US$ 75 milhões serão financiados pelo NDB e US$ 18,75 milhões serão contrapartida municipal.

A prefeitura ainda não informou a data para início da obra, mas disse que o projeto será executado ao longo de cinco anos.

Segundo a prefeitura, o novo eixo do Ligeirão prevê a operação de ônibus elétricos de alta capacidade. A quantidade de novos veículos que serão disponibilizados ainda não foi informada.

Do montante formalizado pela prefeitura junto ao banco, serão destinados recursos para diversas obras, entre elas, a ampliação pontos de parada existentes, além da reestruturação viária de aproximadamente 22,5 km de canaletas exclusivas e de 7,5 km de vias complementares ao sistema de transporte.

Neste itinerário, segundo a prefeitura, serão implantados 44,8 km de ciclofaixas e 66 bicicletários.

Também integra o planejamento do projeto:

  • Divisão do eixo em linhas “paradoras”, onde serão feitas paradas em 34 estações e cinco terminais ao longo do eixo.
  • Obras complementares ao sistema de transporte (restruturação viária de 7 km no binário das Olga Balster e Nivaldo Braga e do entorno do Terminal Capão da Imbuia).
  • Implantação de três estações de transporte, a reforma do Terminal de Integração Centenário e Vila Oficinas e a reconstrução dos terminais Capão da Imbuia e Campina do Siqueira.
  • Reforma dos terminais contempla a geração de energia elétrica por painéis fotovoltaicos.
  • Redução das emissões de CO2 em 14%, com a operação de ônibus elétricos na Linha Direta.

Atualmente, segundo a prefeitura, Curitiba tem seis corredores de transporte com pistas exclusivas para ônibus: Norte, Sul, Leste, Oeste, Boqueirão e Linha Verde.

Vídeos mais assistidos do g1 PR:



Fonte: G1


28/12/2021 – Rota do Sol FM

SEGUE A @ROTADOSOLFM

(45) 3287-1475

rotadosolfm@hotmail.com
Boa Vista da Aparecida – PR
Rua Celmo Miranda, 802 – Alto da Colina

NO AR:
CONEXÃO 107