NOTÍCIAS


Prefeitura faz alerta sobre casos de doença ‘mão-pé-boca’ em Ponta Grossa


A Prefeitura de Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, fez um alerta diante do registro de casos da doença “mão-pé-boca” na cidade. As principais atingidas são crianças menores de cinco anos.

Segundo a Fundação Municipal de Saúde, a rede de atendimento sentiu os efeitos após registrar aumento no número de pessoas buscando as unidades de saúde por conta dos sintomas.

De acordo com o especialista no assunto Luis Ricardo Zander, a doença é altamente contagiosa e causada por um vírus que reside no trato gastrointestinal.

“Dentro do nosso intestino não faz mal, mas quando sai, faz. A forma de contaminação é via fecal-oral, precisa ter contato das fezes com a boca. Crianças com cinco anos de idade acabam pegando tudo que encontram e colocando na boca e também têm pior controle de higiene das mãos”, explicou ele.

A pequena Roberta foi uma das vítimas da doença.

Segundo a mãe, o primeiro sintoma foi a febre. No dia seguinte, pintinhas vermelhas pelo corpo que acabaram virando pequenas bolhas.

Depois disso, a Roberta não queria se alimentar. Foram dois dias sem comer direito, quando a pequena foi a diagnosticada com a doença.

Ainda conforme o médico, o contágio também é feito por meio de secreções como saliva, por exemplo. Por isso, quando uma criança apresentar sintomas ou tiver diagnóstico, o ideal é isolar o paciente.

Ele também explicou que, de forma geral, a doença desaparece sozinha.

Além disso, pais e responsáveis também podem pegar por conta dos cuidados e da manipulação de objetos.

Por isso, o médico orienta que o melhor é cuidar com o compartilhamento de objetos, utilizar álcool em gel e também colocar máscara na criança.



Fonte: G1


08/04/2022 – Rota do Sol FM

SEGUE A @ROTADOSOLFM

(45) 3287-1475

rotadosolfm@hotmail.com
Boa Vista da Aparecida – PR
Rua Celmo Miranda, 802 – Alto da Colina

NO AR:
MANHÃ 107