NOTÍCIAS


Quatro Barras terá tarifa zero para o transporte coletivo a partir de 21 de março


Quatro Barras, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), terá tarifa zero para o transporte coletivo que opera dentro do município, a partir de 21 de março.

O lançamento oficial do novo sistema foi realizado na manhã desta quinta-feira (10), ao lado do Terminal Rodoviário.

A cidade é a primeira na região metropolitana a implantar o benefício, que atende cerca de 11,7 mil passageiros que embarcam nos ônibus diariamente.

A isenção do valor da passagem foi possível com a assinatura de um termo de cooperação entre a Prefeitura de Quatro Barras e o Governo do Paraná, por meio da Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec), que prevê a divisão do subsídio tarifário entre o estado e o município.

Para usar o benefício, ainda será necessário utilizar o cartão Metrocard, pois ele fornece informações importantes para o sistema, como o número de usuários das linhas. A utilização do cartão, porém, não vai resultar na cobrança da tarifa.

O passageiro terá livre acesso às três linhas exclusivas que irão operar tanto em dias úteis, quanto em fins de semana, com mais de 50 horários disponíveis. O transporte gratuito será oferecido pelas linhas:

  • O11 – Borda do Campo/Terminal de Quatro Barras;
  • O12 – São Pedro – Jardim Menino Deus (via Terminal de Quatro Barras);
  • O13 – Palmital – Ribeirão do Tigre/Terminal de Quatro Barras.

Mesmo com a incorporação da tarifa zero nas linhas municipais, o sistema metropolitano continua com atendimento normal através das linhas de ligação com Curitiba (Guadalupe e Terminal do Santa Cândida), Campina Grande do Sul e Piraquara, ou seja, ao se deslocar para outros municípios o passageiro terá o custo normal da passagem.

Para distribuir os serviços no Terminal Rodoviário, estão previstas adequações para o atendimento híbrido, permitindo acesso às linhas municipais sem passagem pela catraca no terminal e a implantação de catraca para as linhas metropolitanas, de forma que ambas estejam integradas.

Quatro Barras anuncia tarifa zero para o transporte

Quatro Barras anuncia tarifa zero para o transporte

Atualmente, a passagem na cidade é de R$ 4,50, porém, a tarifa técnica – que é o custo do sistema dividido pelo número de usuários – é de R$ 8,79.

Deste valor, R$ 4,29 são pagos pelo governo, que investe cerca de R$ 16 milhões mensais como forma de subsídio para a rede intermunicipal de transporte, permitindo a integração de 19 cidades da região metropolitana com a capital, com a circulação de 219 mil passageiros por dia.

A partir de agora, o restante da tarifa passa a ser subsidiado também pelo município, em um investimento mensal previsto de cerca de R$ 160 mil.

“É um projeto pioneiro que vai beneficiar muito a população de Quatro Barras. Com estudo e planejamento, a iniciativa pode ser levada a outras cidades para melhorar o transporte público, que é um grande desafio para os gestores”, disse o governador.

O prefeito de Quatro Barras afirmou que a medida vai incentivar o deslocamento das pessoas na cidade, influenciando no comércio local e reduzindo o custo das empresas, que já não terão mais gastos com vale-transporte.

“As pessoas vão usar o transporte público para se deslocar de forma gratuita dentro da nossa cidade, o que vai fomentar o comércio local. Também é uma boa estratégia para atrair investimentos”, comentou Tolardo.

A Prefeitura de Quatro Barras afirmou que também tem um projeto para instalação de um novo terminal rodoviário no Jardim Menino Deus, um dos bairros mais populosos da cidade.

O novo modelo em Quatro Barras foi proposto a partir de estudos feitos pela equipe técnica da Comec e a ideia é incentivar outras cidades.

“Isso é um ganho para a própria municipalidade e principalmente aos usuários do transporte coletivo. Precisamos de iniciativas inovadoras que valorizem o transporte e resgatem sua importância como direito social”, afirmou o presidente da Comec, Gilson Santos.

Segundo ele, há algum tempo a Comec estudava iniciar um projeto-piloto de tarifa zero em algum município da região metropolitana, com o intuito de fortalecer o gerenciamento do sistema de transporte local.

“Com isso, a comunidade pode transitar pela cidade sem pagar pela tarifa. O estado apoia com o pagamento de uma parcela do subsídio, mas a prefeitura entra com a maior parte. A população só paga a passagem se for sair da cidade, para se deslocar aos municípios vizinhos, por exemplo”, disse.

Além da tarifa zero, o convênio também prevê a ampliação nas linhas do transporte coletivo de Quatro Barras, que passa de duas para quatro:

  • Borda do Campo, atendendo a região;
  • São Pedro-Menino Deus, na região da Britanite;
  • Palmital-Ribeirão do Tigre, na região do Rio do Meio;
  • Santa Luzia, atendendo a região.

Todas as linhas locais farão parada no Terminal Municipal de Quatro Barras, onde o usuário pode fazer conexão com Curitiba e Campina Grande do Sul.

Para fazer a integração, porém, o usuário pagará as tarifas de R$ 4,75, para uso do cartão, ou de R$ 5,50 para pagamento em dinheiro.

Mapa itinerário de todas as linhas em Quatro Barras  — Foto: Divulgação/Comec

Mapa itinerário de todas as linhas em Quatro Barras — Foto: Divulgação/Comec

Vídeos mais assistidos do g1 PR:



Fonte: G1


10/03/2022 – Rota do Sol FM

SEGUE A @ROTADOSOLFM

(45) 3287-1475

rotadosolfm@hotmail.com
Boa Vista da Aparecida – PR
Rua Celmo Miranda, 802 – Alto da Colina

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO