NOTÍCIAS


Repasse de R$ 25,2 milhões para empresas do transporte coletivo é aprovado na Câmara de Londrina; redução na tarifa será de R$ 0,25


A Câmara de Londrina, no norte do Paraná, aprovou em segunda discussão, na noite deste sábado (8), o projeto de lei que propõe o pagamento de R$ 25,2 milhões às duas empresas do transporte coletivo para que a tarifa de ônibus seja reduzida em R$ 0,25.

De acordo com a Prefeitura de Londrina, o prefeito Marcelo Belinatti (PP) sancionou a nova lei após a aprovação dos vereadores.

Um decreto será publicado na segunda-feira (10) para a redução da tarifa de R$ 4,25 para R$ 4. Dessa forma, conforme a prefeitura, o novo valor da passagem valerá a partir de terça-feira (11).

O projeto foi enviado pelo Poder Executivo e prevê que o subsídio seja pago com recursos arrecadados em impostos municipais.

Terminal urbano de Londrina — Foto: RPC/Reprodução

Terminal urbano de Londrina — Foto: RPC/Reprodução

A primeira sessão extraordinária começou na manhã de sexta-feira (7) e terminou por volta das 5h20 deste sábado. Já a segunda discussão começou na manhã deste sábado e terminou por volta das 19h40.

Na primeira discussão, a proposta foi aprovada por 14 votos favoráveis e cinco contrários. Na segunda, foram 13 a favor e seis contra. Os moradores puderam assistir a transmissão da votação pela internet.

Durante a votação, os vereadores aprovaram quatro emendas ao projeto. Uma delas retirou o artigo que previa a fixação do valor da tarifa em R$ 4. Os parlamentares entenderam que a determinação do valor é responsabilidade do Poder Executivo.

A prefeitura justificou o repasse de dinheiro de impostos às empresas e a redução da tarifa como medidas para tentar atrair mais passageiros para o transporte coletivo e reduzir o desequilíbrio financeiro das empresas de ônibus ao longo da pandemia.

O g1 tenta contato com a Transportes Coletivos Grande Londrina (TCGL) e com a Londrisul para saber o posicionamento das empresas sobre o projeto aprovado.

Em 2021, as duas empresas que operam os ônibus enviaram o pedido de reajuste da tarifa de 2022 para Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU), para o reequilíbrio econômico financeiro. No perido, a tarifa chegaria em torno de R$ 10.

Recursos estimados para pagamento do subsídio, em Londrina — Foto: RPC/Reprodução

Recursos estimados para pagamento do subsídio, em Londrina — Foto: RPC/Reprodução



Fonte: G1


08/01/2022 – Rota do Sol FM

SEGUE A @ROTADOSOLFM

(45) 3287-1475

rotadosolfm@hotmail.com
Boa Vista da Aparecida – PR
Rua Celmo Miranda, 802 – Alto da Colina

NO AR:
ROTA DA NOITE