NOTÍCIAS


Resumo do dia: Paraná, segunda-feira, 18 de abril de 2022


Confira o resumo de algumas das principais reportagens e as mais acessadas pelos leitores do g1 PR, nesta segunda-feira (18).

Criminosos tentam assaltar empresa de valores de Guarapuava

Mais de 30 criminosos fortemente armados tentaram assaltar uma empresa de transporte de valores, em Guarapuava, na região central do Paraná, durante a noite de domingo (17) e madrugada desta segunda-feira (18), segundo a Polícia Militar (PM). Dois policiais e um morador ficaram feridos.

O secretário de Estado da Segurança Pública, Coronel Romulo Marinho Soares, afirmou que os assaltantes fugiram sem levar dinheiro da empresa.

De acordo com relato de testemunhas, os assaltantes fizeram moradores de reféns e fecharam os acessos da cidade.

Testemunhas disseram ainda que os criminosos colocaram fogo em dois veículos em frente ao batalhão da Polícia Militar para dificultar a ação dos agentes de segurança.

Ataque em Guarapuava (PR): veja os momentos marcantes do assalto

Ataque em Guarapuava (PR): veja os momentos marcantes do assalto

Motorista que teve braço quebrado após buzinar fala que agressor estava transtornado: ‘Não houve nem um diálogo’

O motorista de aplicativo Silvio Siqueira da Silva, de 63 anos, agredido na semana passada no trânsito de São Vicente, no litoral paulista, se recupera das lesões em Paranaguá, no litoral do Paraná.

O aposentado teve o braço quebrado pelo também motorista João Batista Dias, de 52 anos. O agressor disse ter sido ameaçado de morte pela vítima. A Polícia Civil investiga o caso.

Em entrevista à RPC Curitiba, Silvio relata que a agressão se deu quando ele dirigia para casa. Segundo ele, tudo começou quando o trânsito parou e ele buzinou para o carro que estava na frente dele. O motorista afirma que conseguiu ultrapassar o veículo para o qual buzinou, mas reparou que estava sendo perseguido.

Vídeo mostra cordão humano feito com reféns durante ataque a empresa de transporte de valores de Guarapuava

Um vídeo mostra o momento em que moradores feitos reféns fazem um cordão humano durante uma tentativa de assalto a uma empresa de transporte de valores de Guarapuava, na região central do Paraná.

Nas imagens é possível ver pelo menos três homens de mãos dadas em uma rua que fica na região da empresa de transporte de valores, no bairro dos Estados. Um carro também aparece atravessado na rua. Assista o vídeo abaixo.

Em outra imagem, é possível ver duas pessoas armadas. Não há informações sobre se os homens que aparecem armados fazem parte de uma força de segurança ou se integravam o grupo de criminosos.

Vídeo mostra 'cordão humano' feito com reféns durante ataque à empresa em Guarapuava

Vídeo mostra ‘cordão humano’ feito com reféns durante ataque à empresa em Guarapuava

Policial que estava em viatura fuzilada, em Guarapuava, relata terror: ‘eles atiram pra matar e não param’

Um áudio do cabo José Douglas Bonato, um dos três policiais militares que estavam na viatura que foi fuzilada por criminosos durante a tentativa de assalto em Guarapuava, na noite de domingo (17), revela os momentos de terror durante abordagem dos criminosos.

A autoria do áudio foi confirmada a partir de apuração da RPC. Ouça abaixo.

“Lanchamos no quartel. Saímos do quartel, dobramos à direita, não deu 10 metros foi fuzilado o carro. Senti um tiro na minha perna esquerda, que eu acho que quebrou. E depois na direita, nem sei se foi o mesmo disparo. Não sei cara […] Ele tocou a viatura, pegou pro fundo do batalhão e tocou a viatura. E eles não paravam de atirar. Eles não tem perdão mesmo, eles atiram pra matar e não param”.
Policial que estava em viatura fuzilada relata terror em áudio

Policial que estava em viatura fuzilada relata terror em áudio

Assaltantes não conseguiram acessar os cofres da empresa e fugiram sem levar dinheiro, em Guarapuava

O comandante-geral da Polícia Militar no Paraná (PM-PR), coronel Hudson Leôncio Teixeira e o secretário de Segurança Pública do estado, coronel Rômulo Marinho Soares, informaram que o grupo que aterrorizou Guarapuava ao tentar assaltar uma empresa de transporte de valores não conseguiu acessar o cofre.

“Não temos confirmação de reféns na Proforte, como foi dito. Eles tentaram acessar os cofres, não conseguiram acessar os cofres. Efetuaram disparos de arma de fogo contra o nosso pessoal”, disse Teixeira.

Mais de 30 criminosos fortemente armados tentaram assaltar uma empresa de transporte de valores, durante a noite de domingo (17), segundo a Polícia Militar (PM). Dois policiais e um morador ficaram feridos. PM acredita que o assalto tenha sido motivado porque há grande montante de dinheiro na sede da Proforte.

Secretário de Estado da Segurança Pública descreve ação de criminosos em Guarapuava

Secretário de Estado da Segurança Pública descreve ação de criminosos em Guarapuava

Avião com comandante da PM-PR tem problema na hora do pouso em Curitiba ao voltar de Guarapuava; ninguém se feriu

Um avião que transportava o coronel Hudson Leôncio Teixeira, comandante-geral da Polícia Militar do Paraná (PM-PR), apresentou problema no trem de pouso no momento da aterrissagem, no Aeroporto de Bacacheri, em Curitiba, na tarde desta segunda-feira (18). A informação foi confirmada pelo próprio coronel.

Estavam na aeronave, além do piloto e do coronel Hudson, outros dois policiais. O caso aconteceu por volta de 14h30 quando o comandante retornava de Guarapuava após visitar o município frente à tentativa de assalto que aconteceu na cidade, na noite de domingo (17).

Ninguém se machucou durante o pouso. Em fotos divulgadas pelo comandante, é possível ver a aeronave fora da pista de pouso, com um das asas encostadas na grama.

Situação foi divulgada pelo próprio comandante — Foto: Divulgação/Hudson

Situação foi divulgada pelo próprio comandante — Foto: Divulgação/Hudson

Cavalo é encontrado ferido, e veterinário suspeita de ataque de onça, em Cascavel

Depois de um cavalo aparecer com ferimentos pelo corpo, no Bairro Lago Azul, em Cascavel, no oeste do Paraná, especialistas suspeitam de um possível ataque de onça na cidade.

O cavalo estava amarrado em um palanque, no sábado (16), quando entrou em contato com o animal. A cerca em que ele estava amarrado ficou danificada no momento da captura do cavalo.

“Pelas lesões encontradas no corpo do animal, que eram regiões de face, pescoço, e pela profundidade, tudo indica que seja um ataque de um grande felino. As marcas de garra. É impossível um cachorro ter feito aquilo”, explicou o médico veterinário e gerente do setor Vida Silveste e Bem-Estar animal, Rodrigo Neca Ribeiro.
Cavalo foi atacado por felino de grande porte, em Cascavel — Foto: Hugo Mendes/RPC

Cavalo foi atacado por felino de grande porte, em Cascavel — Foto: Hugo Mendes/RPC



Fonte: G1


18/04/2022 – Rota do Sol FM

SEGUE A @ROTADOSOLFM

(45) 3287-1475

rotadosolfm@hotmail.com
Boa Vista da Aparecida – PR
Rua Celmo Miranda, 802 – Alto da Colina

NO AR:
AMADO BATISTA