NOTÍCIAS


Rodízio no fornecimento de água atinge moradores de 20 bairros de Colombo; confira a programação


O rodízio no abastecimento de água não tem alteração para moradores de 20 bairros de Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba. Apesar do fim do fornecimento escalonado, anunciado pela Sanepar na quarta-feira (16), 20% da cidade permanecem com o rodízio. Confira quais são os bairros mais abaixo.

  • CONFIRA A PROGRAMAÇÃO DO RODÍZIO

O fim do rodízio ocorreu após quase dois anos de crise hídrica. Este momento foi possível, conforme o presidente da Sanepar, Cláudio Stabile, porque os reservatórios que compõem o Sistema de Abastecimento Integrado (SAIC) atingiram nível médio de 80% da capacidade.

No caso de Colombo, a cidade não foi integralmente contemplada porque há regiões em que o abastecimento se dá via poços do Aquífero Karst e não pelo SAIC.

Bairros em que o rodízio permanece em Colombo

  1. Butiatumirim
  2. Fervida
  3. São João
  4. Santa Gema
  5. Cercadinho
  6. Serrinha
  7. Itajacuru
  8. Parque Embu
  9. Arruda
  10. Santa Tereza
  11. Centro
  12. Jardim Florença
  13. Gabirobal
  14. Uvaranal
  15. Sapopema
  16. Curitibano
  17. Santa Fé
  18. São Gabriel
  19. Ana Rosa
  20. Roça Grande
  • Reutilização de água da máquina de lavar roupa e garrafa PET na descarga: veja dicas de economia adotadas durante rodízio
  • Reservatórios de água atingem 80% da capacidade, e Sanepar encerra rodízio
Relembre início do rodízio e como ficaram os reservatórios durante período de estiagem

Relembre início do rodízio e como ficaram os reservatórios durante período de estiagem

O fim do rodízio foi oficializado em coletiva de imprensa. Na coletiva, Claudio Stabile, diretor-presidente da companhia destacou a importância da colaboração dos usuários na recuperação dos níveis dos reservatórios.

“Foi uma lição muito grande, porque ninguém tinha passado por isso antes. Tivemos a escassez hídrica com a pandemia. Hoje, temos um desses problemas resolvido. Além do agradecimento à população, precisamos que ela continue agindo de forma consciente, com o uso racional da água. Muitas pessoas se adaptaram, mas claro, se nós temos água, porque continuar com o rodízio? Não faz sentido”, afirmou.

Stabile informou que, até as 16h de sexta-feira (21), o abastecimento terá 100% de normalização para todas as regiões abastecidas pelo SAIC.

“Neste ano, com certeza, não voltamos ao rodízio”, ressaltou o diretor-presidente da companhia.

Linha do tempo do rodízio

O sistema de rodízio havia sido adotado pela companhia em 17 de março de 2020, inicialmente para a região sul de Curitiba, Fazenda Rio Grande e São José dos Pinhais, devido à baixa vazão do Rio Miringuava.

No mês de início do racionamento, o volume médio foi de 62,57%, conforme dados da Sanepar.

Em 18 de maio do mesmo ano, o sistema foi estendido a toda região metropolitana. Em agosto, o rodízio ficou mais rígido – com um dia e meio de corte e um dia e meio com água na torneira.

No mês de março de 2021, a Sanepar divulgou um esquema de rodízio do abastecimento, em que a população ficou com 60 horas de fornecimento e 36 horas com suspensão. O volume médio mensal ficou em 60,48%, mas caiu nos meses seguintes.

Em agosto, com as barragens em 47,5%, a companhia voltou a adotar o esquema de 36 horas com e sem água. Em outubro, com as chuvas acima da média, o nível das barragens subiu, mas o racionamento foi mantido no mesmo esquema.

Em novembro do ano passado, depois de um período com mais chuvas em outubro, o rodízio foi novamente abrandado, após os reservatórios chegarem perto de 70% da capacidade total.

Por conta do aumento do nível dos reservatórios, desde segunda-feira (17), o rodízio passou a ser de 84 horas com fornecimento de água e 36 horas sem abastecimento. A mudança não atingiu parte das cidades de Almirante Tamandaré e Colombo, que permaneceu com rodízio em horários diferentes.

Rodízio no abastecimento de água acaba em Curitiba e região, diz Sanepar  — Foto: Giuliano Gomes/PR Press

Rodízio no abastecimento de água acaba em Curitiba e região, diz Sanepar — Foto: Giuliano Gomes/PR Press

  • Saiba quais são as etapas para construção de poços artesianos e os perigos de fazer clandestinamente
  • Veja a transformação da paisagem provocada pela pior seca registrada no Paraná; FOTOS

VÍDEOS: Crise hídrica no Paraná



Fonte: G1


20/01/2022 – Rota do Sol FM

SEGUE A @ROTADOSOLFM

(45) 3287-1475

rotadosolfm@hotmail.com
Boa Vista da Aparecida – PR
Rua Celmo Miranda, 802 – Alto da Colina

NO AR:
ROTA SERTANEJA