NOTÍCIAS


SSP diz que apoiador de Bolsonaro que matou tesoureiro do PT está sedado em UTI, em estado estável | Oeste e Sudoeste


As informações foram repassadas pela Secretaria da Segurança Pública do Paraná (SSP-PR) na tarde desta terça-feira (12). Sem dar maiores detalhes, a nota diz que ainda não há previsão de alta de Guaranho da UTI.

O crime aconteceu na madrugada de domingo (10). Marcelo Arruda, de 50 anos, foi morto a tiros na própria festa de aniversário – com temática do Partido dos Trabalhadores e o ex-presidente Lula – pelo policial penal federal.

No dia do crime, Marcelo revidou os disparos de Guaranho. O homem foi atingido pelo petista e também agredido, na cabeça, por pessoas que estavam na festa.

O policial penal foi levado para o Hospital Municipal e transferido para o Hospital Ministro Costa Cavalcante na noite de segunda-feira (11) em considerado grave, porém estável, segundo a SSP.

Guaranho teve prisão preventiva decretada na segunda-feira (11) e ainda não possui defesa.

  • Justiça decreta prisão preventiva de apoiador de Bolsonaro que matou a tiros tesoureiro do PT em Foz do Iguaçu

Câmeras de segurança registraram o momento em que o policial penal chegou de carro e parou na porta da festa. Ele fez uma manobra e virou o carro. Marcelo e a esposa saíram e houve uma discussão.

O boletim de ocorrência informa que Guaranho chegou no local de carro e que no veículo estavam também uma mulher e um bebê.

Depois de alguns segundos, Jorge foi embora. Ele voltou ao local minutos depois no mesmo carro, desceu do veículo e atirou ainda do lado de fora.

O que se sabe sobre o assassinato de petista por apoiador de Bolsonaro no Paraná

Segundo o documento, ele desceu do carro armado, gritando: “Aqui é Bolsonaro!”. De acordo com o boletim, o policial penal não era conhecido de ninguém na festa nem foi convidado.

O atirador, em seguida, entrou no salão de festas, onde disparou novamente contra Marcelo. Veja a cronologia dos fatos no vídeo abaixo.

Cronologia: assassinato de tesoureiro do PT

Cronologia: assassinato de tesoureiro do PT

Outra câmera, instalada dentro do salão onde ocorria a festa de aniversário, registrou o momento em que o tesoureiro do PT foi baleado.

Ao ser atingido por Guaranho, Marcelo Arruda, que estava armado, revidou. Nas imagens da câmera, Marcelo aparece caindo no chão do salão.

O atirador fez então outros disparos, conforme mostra o vídeo. Em seguida, uma mulher – que, segundo a polícia, seria a esposa de Marcelo – tentou impedir que o atirador continuasse e o empurrou.

A festa de aniversário comemorava os 50 anos de Marcelo Arruda e tinha como tema o PT e o ex-presidente Lula. A comemoração era realizada na sede da Associação Esportiva Saúde Física Itaipu, na Vila A.

VÍDEOS: Mais assistidos g1 PR

Veja amis notícias da região em g1 Oeste e Sudoeste.



Fonte: G1


12/07/2022 – Rota do Sol FM

SEGUE A @ROTADOSOLFM

(45) 3287-1475

rotadosolfm@hotmail.com
Boa Vista da Aparecida – PR
Rua Celmo Miranda, 802 – Alto da Colina

NO AR:
SUCESSOS DA TARDE