NOTÍCIAS


Suspeito de feminicídio amarrou vítima morta em bicicleta para levar corpo até terreno vazio, em Sarandi, diz polícia


Conforme o depoimento, o suspeito disse que a vítima, de 37 anos, morreu de infarto. Sem saber o que fazer, ele amarrou a companheira morta na bicicleta e a levou até um terreno vazio.

“Ela morreu de infarto. Como a família dela era contra o meu namoro com ela, eu, no desespero, quando deu infarto nela, coloquei ela na garupa da bicicleta e amarrei, ela já estava sem vida. Fiquei desesperado sem saber o que fazer. Aí peguei e amarrei ela na garupa da bicicleta, levei ela na caçada e saí sem rumo”, disse o suspeito João Geraldo Ferreira à polícia.

O g1 tenta localizar a defesa do investigado.

João Geraldo Ferreira foi preso suspeito de feminicídio, em Sarandi — Foto: Polícia Civil

João Geraldo Ferreira foi preso suspeito de feminicídio, em Sarandi — Foto: Polícia Civil

De acordo com a polícia, a vítima foi encontrada com marcas de ferimentos no pescoço e nas pernas.

O suspeito foi preso horas depois do crime, nas proximidades onde o corpo foi encontrado.

Ele foi preso em flagrante e, depois, a prisão por feminicídio foi convertida em preventiva.

A Polícia Civil informou que o suspeito foi localizado enquanto vendia uma geladeira. A intenção dele era vender o eletrodoméstico para conseguir dinheiro e fugir de Sarandi, conforme a polícia.



Fonte: G1


07/02/2022 – Rota do Sol FM

SEGUE A @ROTADOSOLFM

(45) 3287-1475

rotadosolfm@hotmail.com
Boa Vista da Aparecida – PR
Rua Celmo Miranda, 802 – Alto da Colina

NO AR:
SANTA MISSA