NOTÍCIAS


'Vai ser muito difícil', diz mãe de mulher que foi morta à facada em ônibus de Curitiba


“Vai ser muito difícil porque eu vou olhar para as coisas dela e ela não vai estar mais lá, eu vou olhar para os livros que ela gostava de ler, ela gostava de cantar. Filha única, éramos nós duas, então vai ser muito difícil”, disse a mãe da vítima, Eloa Lurdes.

O crime ocorreu na quinta-feira (24). Segundos antes de o homem golpeá-la no pescoço com uma faca, uma gravação mostra ele dizendo “que vai matar alguém”. Assista mais abaixo.

Samantha Mantovani Muniz foi morta à facada dentro de um ônibus de Curitiba — Foto: Reprodução/RPC

Samantha Mantovani Muniz foi morta à facada dentro de um ônibus de Curitiba — Foto: Reprodução/RPC

Wesllen Vitorino tem 23 anos e é natural de Juazeiro do Norte (CE). De acordo com a polícia, ele também morou em Santa Catarina e no Rio Grande Sul, onde praticou uma série de furtos e roubos.

A Polícia Civil informou que chegou até ele, nesta sexta, porque conseguiu mapear o trajeto que o suspeito fez após sair do ônibus.

De acordo com o relatório, depois de cometer o crime, o homem foi trabalhar em um quiosque que fica em um shopping da capital.

Segundo a polícia, Wesllen passou a noite em uma pensão e mudou para um hotel por volta das 12h desta sexta-feira, onde foi capturado.

Polícia prende suspeito de matar mulher dentro de ônibus, em Curitiba

Polícia prende suspeito de matar mulher dentro de ônibus, em Curitiba

Após ser levado para a delegacia, ele prestou depoimento por cerca de dez minutos e confessou ter cometido o crime.

Além disso, conforme a polícia, o suspeito disse que matou porque ficou irritado pelo fato de Samantha ter se intrometido no meio de uma discussão dele com outro homem.

“Ele confessa a prática do crime, diz que matou realmente a dona Samantha. Segundo ele, estava calmo. Ele não demonstrou em nenhum momento arrependimento, ele apenas disse que ela insuflou os demais passageiros do ônibus contra ele e, em razão disso, ele resolveu matá-la”, afirmou o delegado Thiago Nóbrega.

O delegado disse, ainda, que o homem deve ser indiciado por homicídio qualificado, por motivo fútil.

Wesllen Vitorino estava em liberdade provisória por ter matado outra pessoa, também em Curitiba, em setembro de 2021. Segundo a polícia, por este crime, ele ficou 20 dias preso.

Wesllen é suspeito de matar mulher dentro de ônibus de Curitiba — Foto: Polícia Civil

Wesllen é suspeito de matar mulher dentro de ônibus de Curitiba — Foto: Polícia Civil

“Pois essa é a eminente e atual preocupação da família, para que ele não venha cometer mais um crime de homicídio como cometeu no ano passado e que seja, por alguma razão processual, procedimental, de direito, colocada em liberdade uma pessoa extremamente perigosa”, pontuou Igor Ogar, advogado que defende a família de Samantha.

Wesllen Vitorino de Araújo Silva ainda não possui advogado.

Samantha foi morta após ser esfaqueada na tarde de quinta (24), dentro de um ônibus que faz a linha Centenário/Campo Comprido, em Curitiba, no bairro Mossunguê.

De acordo informações da Polícia Militar (PM-PR), o crime aconteceu quando a vítima tentou intervir em uma discussão entre Wesllen e um outro passageiro. Leia mais abaixo.

Nas imagens, é possível ver um trecho da discussão e ouvir, também, o momento em que o homem fala que vai “matar alguém”.

Mulher é morta com golpe de faca dentro de ônibus de Curitiba

Mulher é morta com golpe de faca dentro de ônibus de Curitiba

Confira o diálogo do vídeo:

– [VÍTIMA] Desce, desce do ônibus, covarde.
– [SUSPEITO] Ah é? Então eu vou matar alguém.
– [VÍTIMA] Ah é? Então vem.

Segundos após o diálogo, o homem parte para cima da mulher e atinge ela, segundo a polícia, com um golpe no pescoço. Testemunhas gritaram tentando impedir a ação.

Outro vídeo mostra o momento que o homem deixa o ônibus e foge.

Crime aconteceu na Linha Centenário x Campo Comprido — Foto: Ana Vaz/RPC

Crime aconteceu na Linha Centenário x Campo Comprido — Foto: Ana Vaz/RPC

Segundo a PM, testemunhas disseram que a mulher tentou acalmar uma briga entre o vendedor ambulante e um passageiro, após o vendedor questionar se o homem teria pagado por uma cocada.

A PM, o Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) e Guarda Municipal (GM) estiveram no local do crime pouco após o acontecimento e fizeram buscas na região.

“Ele usava o ônibus como meio de vender produtos. E existem câmeras dentro desses locais, destes terminais. Se encontrarmos ele hoje, será preso em flagrante, ou em momento posterior pediremos a prisão temporária”, explicou o delegado Tito Barrichelo, que estava de plantão no momento do crime.

Sindicato disse que mulher tentou intervir em discussão — Foto: Ana Vaz/RPC

Sindicato disse que mulher tentou intervir em discussão — Foto: Ana Vaz/RPC

Em nota, o Sindicato das Empresas de Ônibus de Curitiba (Setransp) lamentou o crime e disse que a Araucária Transporte Coletivo, responsável pelo ônibus, enviou o grupo de apoio ao local tão logo soube do ocorrido.

“A empresa está prestando toda a assistência necessária e trabalhando junto com a polícia para esclarecer esse crime e cobrar punições”.

O motorista do ônibus, Erivaldo Gomes, disse que, quando tudo aconteceu, tentou manter a calma para conseguir parar o veículo.

“Um ônibus desse tamanho, tem que manter a calma para poder para com segurança. Aí abri as portas para todo mundo descer, se não ele tinha matado mais gente. Do jeito que ele tava, ‘doido’, ia matar mais gente aí”.

Vídeos mais assistidos do g1 PR:



Fonte: G1


25/03/2022 – Rota do Sol FM

SEGUE A @ROTADOSOLFM

(45) 3287-1475

rotadosolfm@hotmail.com
Boa Vista da Aparecida – PR
Rua Celmo Miranda, 802 – Alto da Colina

NO AR:
CONEXÃO 107