NOTÍCIAS


VÍDEO: Professores explicam palavras de origem indígena que dão nome a cidades e pontos turísticos


Palavras de origem indígena dão nome a locais do Paraná. As cidades de Cambé, Ibiporã e Curitiba são alguns dos exemplos.

A influência dos povos originários na sociedade pode ser tema de questão do vestibular da Universidade Estadual de Londrina (UEL). O g1 e a RPC prepararam um vídeo que mostra locais que têm palavras indígenas como nome. Assista acima.

Lago Igapó, em Londrina; nome do local tem origem tupi — Foto: RPC/Reprodução

Lago Igapó, em Londrina; nome do local tem origem tupi — Foto: RPC/Reprodução

O Lago Igapó, em Londrina, é um local que tem seu nome herdado da língua tupi. “Igapó” significa “trecho de floresta invadido por enchente, após inundação dos rios”.

Já o nome da capital paranaense vem de outra língua indígena, a guarani. Curitiba significa “local onde há vários pinheiros”.

  • Professores de química dão dicas sobre velocidade das reações
  • Professores de matemática explicam conceito de área de figuras planas

Ibiporã, por sua vez, quer dizer “terra bonita”, e Cambé significa “mata com raízes aéreas”, pois a cidade é conhecida por ter árvores com raízes externas.

Essa herança dos povos indígenas não fica apenas nos nomes próprios. A culinária também tem forte influência, como o churrasco e o chimarrão.

De acordo com o professor de História Daniel Almeida, esse tema pode cair na prova da UEL de uma maneira interdisciplinar, seja no português, com a origem dos nomes, na biologia, com nomes relacionados à fauna e à flora, e na redação, caso aborde questões sobre minorias étnicas.

g1 PR: vídeos mais assistidos



Fonte: G1


24/02/2022 – Rota do Sol FM

SEGUE A @ROTADOSOLFM

(45) 3287-1475

rotadosolfm@hotmail.com
Boa Vista da Aparecida – PR
Rua Celmo Miranda, 802 – Alto da Colina

NO AR:
NATIVO E SERTANEJO